sexta-feira, 31 de julho de 2015

BRASIL ENFRENTA A CHINA NAS OITAVAS DE FINAL DO POLO AQUÁTICO FEMININO EM KAZAN


Texto e Foto: CBDA/Divulgação
Kazan/RUS- Na sua última partida pela fase classificatória do Campeonato Mundial de Kazan, a Seleção Brasileira feminina de polo aquático foi derrotada pela Itália por 6-15 (0:3, 1:5, 3:3, 2:4), e encerrou em terceiro lugar no Grupo C. . Os gols brasileiros foram de Amanda Oliveira (quatro), Izabella Chiappini e Melani Dias.
O adversário nas oitavas-de-finais será a China, que empatou em 9 a 9 com a Rússia, e perdeu a primeira posição do grupo D no saldo de gols. O confronto está marcado para sábado (01/08), às 14h10, de Brasília. As chinesas são treinadas pelo brasileiro Ricardo Azevedo, o Rochinha, pai do jogador Tony Azevedo, capitão da seleção americana e atleta do Sesi/SP.
O auxiliar-técnico da equipe brasileira, Roberto Chappini, disse que o próximo rival é um velho conhecido, mas alertou para a evolução da China. "Se o Brasil tivesse que escolher um adversário seria a China. Mas as chinesas deram um salto grande do último mês para o Mundial. É um time que ficou um mês na Europa e evoluiu em todos os fundamentos. Venceu a Hungria e empatou com a Rússia. O Brasil precisa iniciar bem o jogo para não deixar o adversário escapar no placar. Isto nos atrapalhou contra a Itália e os Estados Unidos".
A capitã Marina Zablith ressaltou o histórico de bons jogos do Brasil contra a China. "Sempre o duelo é equilibrado. A China é uma equipe emocional como a nossa. E sente quando a situação se complica. Por isso, temos que manter o placar sempre apertado. Não deixar que elas tenham tranquilidade". 
Já o técnico da China, Ricardo Azevedo, respeita a seleção de seu país de nascimento. 
- Eu sou brasileiro e amo meu país. Mas sou profissional e aqui estou defendendo a China. Sei que o Brasil tem um time novo como o meu, e teve que trocar duas jogadoras na véspera do Mundial. Sei o quanto a Marina Canetti faz falta porque foi minha atleta em Long Beach. Mesmo assim, eu espero um jogo equilibrado. Até porque as equipes se conhecem da Liga Mundial. 
O Brasil entrou em um ritmo lento e permitiu que a Itália desenvolvesse o seu jogo de passes rápidos e chutes de curta distância. Após dois períodos, as italianas venciam por 8 a 1, com o gol brasileiro sendo marcado por Amanda. No retorno do intervalo, a Seleção Brasileira melhorou a marcação e passou a atacar com consciência, chegando a empatar em 3 a 3 o terceiro quarto. Mas o rival retomou o controle e fechou o jogo em 15-6.
A capitã Marina Zablith analisou a atuação do Brasil:
- As italianas entraram forte, enquanto a nossa equipe demorou a se concentrar. Respeitamos muito a goleira adversária, o que nos atrapalhou no ataque. Depois, assim como aconteceu contra os EUA, o time acertou a defesa e passou a atacar melhor.  Mas já era complicado correr atrás do placar.
Seleção Brasileira = 1 - Tess Oliveira  /  2 - Diana Abla / 3 - Marina Zablith (capitã) / 4 - Mariana Duarte / 5 - Lucianne Barroncas / 6 - Izabella Chiappini (1 gol) / 7 - Amanda Oliveira (4) / 8 - Luiza Carvalho / 9 - Melani Dias (1 gol) / 10 - Viviane Bahia / 11 - Lorena Borges / 12 - Gabriela Mantellato / 13 - Victória Chamorro.  Técnico: Pat Oaten. Auxiliares: Roberto Chiappini e Pablo Cuesta.
Itália = 1- Giulia Gorlero / 2 - Chiara Tabani / 3 - Arianna Garibotti (1 gol) / 4 - Elisa Queirollo (2) / 5 -Federica Radichi (3) / 6 - Rosaria Aiello (1) / 7 - Tania Di Mario (capitã, 1) / 8 - Roberta Bianconi (3) / 9 - Giulia Emmolo (2) / 10 - Francesca Pomeri / 11 - Laura Barzon (1) / 12 - Teresa Frassinetti (1) / 13 - Laura Teani. Técnico: Fabio Conti. Auxiliar: Paolo Zizza 
Arbitragem: Cory Williams (NZL) e Viktor Salinchenko (KAZ)
Os brasileiros participam do 16º Campeonato Mundial FINA de Esportes Aquáticos com recursos dos Correios - Patrocinador Oficial dos Desportos Aquáticos Brasileiros, e ainda do Bradesco/Lei de Incentivo Fiscal, Lei Agnelo/Piva - Governo Federal - Ministério do Esporte, Speedo, Sadia e Universidade Estácio de Sá.
Grupos
Feminino
Grupo A = Canada / Cazaquistão / Nova Zelândia / Espanha
Grupo B = Austrália / África do Sul / Grécia / Holanda
Grupo C = Brasil / Japão / Estados Unidos / Itália
Grupo D = Hungria / Rússia / China / França

Resultados
Dia 26/07
Grupo A: Canadá 15 x 6 Nova Zelândia / Casaquistão 7 x 14 Espanha
Grupo B: Austrália 8 x 7 Grécia / África do Sul 1 x 22 Holanda
Grupo C: Brasil 2 x 13 Estados Unidos / Japão 3 x 15 Itália
Grupo D: Rússia 16 x 5 França / Hungria 8 x 9 China

28/07
Grupo A: Espanha 23 x 2 Nova Zelândia / Canadá 17 x 4 Cazaquistão
Grupo B: Holanda 10 x 9 Grécia / Austrália 19 x 1 África do Sul
Grupo C: Brasil 11 x 8 Japão / Itália 10 x 9 EUA
Grupo D: França 4 x 13 China / Hungria 11 x 13 Rússia
30/07

Grupo A: Espanha 12 x 6 Canadá / Cazaquistão 14 x 4 Nova Zelândia
Grupo B: Austrália 8 x 6 Holanda / África do Sul 4 x 20 Grécia
Grupo C:  Brasil 6 x 15 Itália / EUA 17 x 2 Japão
Grupo D: Hungria 18 x 3 França / Rússia 9 x 9 China

Classificados diretos para as Quartas-de-final: Itália, Espanha, Rússia e Austrália.
Oitavas-de-final: Brasil x China / EUA x Hungria / Canadá x Grécia / Holanda x Cazaquistão
Disputa do 13º ao 16º: Nova Zelândia x África do Sul / Japão x França
Programação - horal local (hora de Brasília)
Dia 31/07 – Sexta-Feira
20h10 (14h10) -  Brasil X Canadá – Masculino
Dia 01/08 - Sábado
20h10 (14h10)  - Brasil x China - Feminino 
colaborou Eduardo Vieira


O QUE ACONTECE DE NOTÍCIA NO MUNDO DOS ESPORTES AQUÁTICOS VOCÊ LÊ PRIMEIRO AQUI - BLOG FRANCISSWIM 320.000 VISUALIZAÇÕES / MÊS NA WEB

http://www.kickante.com.br/campanhas/blog-francisswim-esportes-aquaticos






















Nenhum comentário: