quarta-feira, 3 de fevereiro de 2016

COPA DO MUNDO DE SALTOS ORNAMENTAIS NO RIO DE JANEIRO TERÁ A PRESENÇA DE 47 PAÍSES


Vem aí a 20ª Copa do Mundo de Saltos Ornamentais, de 19 a 24/2, evento-teste da modalidade, e válido como pré-olímpico para os Jogos Rio-2016. A competição será no parque aquático Maria Lenk, mesmo local onde irá acontecer as provas nas Olimpíadas do Rio.
A Copa do Mundo da FINA terá a participação de 249 saltadores (124 mulheres e 125 homens) de 47 países (lista no final). Um deles, a Venezuela, já se encontra treinando no Centro de Excelência da UNB, em Brasília. A partir do dia 7 de fevereiro, os venezuelanos terão a companhia de Geórgia, Polônia, Austrália, Grécia e Canadá na capital federal. 
A equipe brasileira será formada por 11 integrantes (6 homens e 5 mulheres), sob o comando dos técnicos Alexander Ferrer, Andreia Boehme e Fabiana Izumi Hashimoto.
Alguns medalhistas olímpicos e mundiais estarão presentes na cidade-olímpica, como o australiano Matthew Mitcham, ouro na plataforma em Pequim/2008; ou a mexicana Laura Sanchez Soto, bronze no trampolim de 3m nos Jogos de Londres/2012, entre outros. 
Sempre é bom lembrar que o Brasil, por ser anfitrião, já tem vaga garantida nos Jogos do Rio, entre as oito duplas de cada prova de saltos sincronizados: plataforma feminina e masculina e trampolim de 3m feminino e masculino. Outras três duplas em cada prova classificaram-se no Mundial de Esportes Aquáticos de Kazan, em agosto passado, com a China presente em todas. As quatro duplas restantes sairão nesta Copa do Mundo.
No trampolim de 3 metros sincronizado masculino, os classificados são Brasil, China, Rússia e Grã-Bretanha. Na versão feminina entram Canadá e Austrália no lugar de russos e britânicos. Já na plataforma sincronizada, brasileiros e chineses têm a presença de mexicanos e russos na prova masculina, e de canadenses e norte-coreanas no evento feminino.
Já nos saltos individuais, os finalistas (12 atletas) do Mundial de Kazan classificaram seu país para os Jogos Olímpicos. Outros cinco conseguiram vagas como vencedores das competições continentais, como os Jogos Pan-Americanos. Os semifinalistas (18) de cada prova da Copa do Mundo também garantem vaga para o seu país. Lembrando que só podem ter dois atletas de cada país por prova, outros atletas podem ser adicionados na lista olímpica entre os que chegaram a partir da 19ª posição da Copa do Mundo até completar o número de 34 saltadores (as).






Os saltadores brasileiros na Copa do Mundo 2016 serão:
Feminino
Juliana Veloso (trampolim de 3m individual e sincronizado)
Tammy Galera Takagi (trampolim de 3m sincronizado)
Luana Lira (trampolim de 3m individual)
Ingrid Oliveira (plataforma individual e sincronizada)
Giovanna Pedroso (plataforma individual e sincronizada)

Masculino
César Castro (trampolim de 3m individual)
Ian Matos (trampolim de 3m individual e sincronizado)
Luiz Felipe Outerelo (trampolim de 3m sincronizado)
Hugo Parisi (plataforma individual e sincronizada)
Jackson Rondinelli Oliveira (plataforma sincronizada)
Isaac Souza Filho (plataforma individual)
A seleção brasileira olímpica só será confirmada após o Troféu Brasil, de 19 a 22 de maio, em Brasília. 
Países participantes da Copa do Mundo 2016 (47)
Alemanha, África do Sul, Armênia, Austrália, Áustria, Azerbaijão, Bielorrússia, Brasil, Canadá, Chile, China, China Taipei, Colômbia, Coreia do Sul, Croácia, Cuba, EUA, Egito, Espanha, Finlândia, França, Geórgia, Grã-Bretanha, Grécia, Holanda, Hungria, Irlanda, Irã, Itália, Jamaica, Japão, Lituânia, Malásia, México, Noruega, Nova Zelândia, Peru, Polônia, Porto Rico, República Dominicana,  Romênia, Rússia, Suécia, Suíça, Ucrânia, Uzbequistão e Venezuela.

 FONTE CBDA


O QUE ACONTECE DE NOTÍCIA NO MUNDO DOS ESPORTES AQUÁTICOS VOCÊ LÊ PRIMEIRO AQUI - BLOG FRANCISSWIM 320.000 VISUALIZAÇÕES / MÊS NA WEB



http://www.kickante.com.br/campanhas/blog-francisswim-esportes-aquaticos







































terça-feira, 2 de fevereiro de 2016

COPA DO MUNDO DE SALTOS ORNAMENTAIS TRAZ ELITE OLÍMPICA AO RIO EM FEVEREIRO


A chinesa Wu Minxia pode se tornar no Rio a maior medalhista Olímpica em saltos ornamentais (Foto: Getty Images/Quinn Rooney)
Este evento-teste do Aquece Rio é muito pra valer: 60% das vagas Olímpicas estarão em jogo na Copa do Mundo de Saltos Ornamentais, competição que vai reunir os melhores do mundo da modalidade entre 19 e 24 de fevereiro no Centro Aquático Maria Lenk, na Barra da Tijuca, zona oeste do Rio. É a grande chance de sentir um gostinho antecipado de Jogos Olímpicos Rio 2016, com os atuais campeões mundiais e os medalhistas de ouro em Londres 2012 mostrando toda sua técnica em ares cariocas. Serão 272 atletas de 49 países na briga por 92 vagas Olímpicas, sendo 18 em provas individuais e cinco nas provas de duplas sincronizadas.
Ingressos já à venda
Dezoito mil tickets (3.000 para cada um dos seis dias de competição) já estão à venda na página de ingressos do Aquece Rio, e custam apenas R$ 30 (não há lugares marcados). Durante o evento, entradas podem ser compradas nas bilheterias do Maria Lenk. O pagamento pode ser feito em dinheiro ou em cartão de crédito Visa – sem possibilidade de parcelamento. As regras para meia-entrada são similares às dos Jogos Olímpicos: menores de 21 anos,  pessoas acima de 60 anos, professores, estudantes em posse de carteira de estudante válida, cadeirantes – e seus acompanhantes – com a documentação necessária. Crianças com menos de dois anos não pagam ingresso, mas não terão assento reservado. A compra online dá direito a desistência até sete dias depois.
Domínio chinês
A equipe chinesa, que domina amplamente o esporte neste século, será a grande atração desta Copa do Mundo no Rio. Em Londres 2012, levou seis das oito medalhas de ouro. No Mundial de Kazan, em outubro do ano passado, ficou com 10 dos 13 ouros em disputa. Um dos poucos saltadores a quebrar o domínio da China neste século anunciou sua aposentadoria precocemente, aos 27 anos, nesta quinta-feira (28): o australiano Matthew Mitcham. Em Pequim 2008, ele foi campeão Olímpico na plataforma de 10m com um salto com a nota mais alta da história.
A saltadora mais bem-sucedida em Jogos Olímpicos, Guo Jingjing, ganhou seis medalhas (quatro de ouro) entre 2000 e 2008, e está aposentada. No entanto, a segunda maior vencedora Olímpica estará no Maria Lenk: Wu Minxia, 30 anos, que ganhou duas de suas quatro medalhas Olímpicas de ouro em parceria com Guo no trampolim sincronizado 3m. Ela chegou a anunciar a aposentadoria após Londres 2012, mas mudou de ideia e, em 2015, ganhou seu oitavo título mundial.
“Meu sonho é manter a forma para saltar nos Jogos Olímpicos do Rio. O Mundial me deixou mais perto dele”
Wu Minxia, tricampeã Olímpica no trampolim 3m sincronizado e campeã Olímpica no trampolim 3m individual


Wu Minxia, primeira saltadora a conquistar ouro em três Jogos Olímpicos seguidos (Foto: Getty Images/Lintao Zang)
Conheça outras estrelas em ação no Maria Lenk

Ilya Zakharov


(Foto: Getty Images/Adam Pretty)
O russo de 24 anos já provou ser capaz de furar a “muralha da China”. Em Londres 2012, foi ouro no trampolim 3m individual. No Mundial de Kazan 2015, perdeu de He Chao e foi segundo. Também vai bem no trampolim 3m sincronizado – em Londres 2012, ganhou prata.

David Boudia


(Foto: Getty Images/Harry How)
O americano de 26 anos já teve o gostinho de ser campeão no Rio, no Pan, em 2007. Em Londres 2012, foi prata na plataforma 10m sincronizado e levou o ouro na plataforma 10m individual em Londres 2012. No Mundial de Kazan, porém, perdeu para Qiu Bo.

Liu Huixa e Chen Ruolin


(Foto: Getty Images/Clive Rose)
Aos 18 anos, Liu Huixa forma desde 2013 uma dupla de baixinhas imbatível com Chen Ruolin, 23 anos e quatro ouros Olímpicos (dois em plataforma 10m individual e dois em plataforma 10m sincronizado). Em Kazan 2015, elas foram bicampeãs mundiais.

Qiu Bo


(Foto: Getty Images/Warren Little)
Aos 22 anos, o chinês Qiu Bo é tricampeão mundial em plataforma 10m individual. Em Londres 2012, porém, levou a pior na emocionante disputa com o americano David Boudia. Sua meta maior na carreira é transformar a prata londrina em ouro no Rio 2016.

Tania Cagnotto


(Foto: Getty Images/Matthias Hangst)
O domínio chinês nos saltos é maior entre as mulheres (em Londres 2012, não deixaram ouro para nenhum outro país). Mas esta atleta de 30 anos vem de um feito histórico: voltou de Kazan 2015 como a primeira italiana campeã mundial no esporte, no trampolim 1m.
RIO DE JANEIRO
Local de atrações icônicas como o Morro do Pão de Açúcar e a estátua do Cristo Redentor, a cidade do Rio de Janeiro é considerada, por si só, uma grande atração turística. Terra do samba e do carnaval, o Rio é também um grande centro cultural do país, com diversos museus, teatros, casas de show, cinemas e centros comerciais e gastronômicos abertos o ano todo.

O esporte é também um ponto central da cultura carioca. Ao longo das praias, parques e praças, a rotina do carioca inclui frequentes partidas de vôlei, futebol, futevôlei e basquete nas quadras públicas espalhadas pela cidade, além de pistas para corredores e ciclistas.

A cidade já é experiente em sediar grandes eventos, dando as boas-vindas a visitantes de todo o planeta. As celebrações do carnaval e réveillon atraem por si só milhões de espectadores a cada ano. Recentemente, milhares de peregrinos estiveram na cidade para prestigiar a visita do Papa durante a Jornada Mundial da Juventude.

Veja as dicas do Rio no site da Riotur http://www.rio.rj.gov.br/riotur

Para mais informações sobre as linhas de transporte público, basta clicar nos links abaixo:

Metrô: www.metrorio.com.br
Ônibus: www.vadeonibus.com.br
Trens: www.supervia.com.br



O QUE ACONTECE DE NOTÍCIA NO MUNDO DOS ESPORTES AQUÁTICOS VOCÊ LÊ PRIMEIRO AQUI - BLOG FRANCISSWIM 320.000 VISUALIZAÇÕES / MÊS NA WEB



http://www.kickante.com.br/campanhas/blog-francisswim-esportes-aquaticos