sábado, 30 de maio de 2015

LUIZ FELIPE E IAN MATOS VENCEM NO TRAMPOLIM DE 3 METROS NO TROFÉU BRASIL DE SALTOS ORNAMENTAIS


A tarde do 2º dia do Troféu Brasil de Saltos Ornamentais (sex, 29/5) foi completada pela disputa do trampolim de 3 metros sincronizado masculino, prova olímpica vencida pela dupla Ian Matos e Luiz Felipe Outerelo, do Fluminense, 376,26. O índice para o Mundial de Kazan é de 382,77. A competição vai até domingo, 31/5, no Centro de Excelência da modalidade, na UnB, no Distrito Federal. 
Luiz Felipe e Ian Matos melhoraram bem sua pontuação. No Grand Prix tinham feito 335,34, mas a melhor marca da dupla era de 376,69. Mas eles acham que podem melhorar muito ainda. 
- Esta foi a terceira vez que apresentamos um dos saltos desta prova. Antes foi na seletiva para o Grand Prix e a outra no Grand Prix do México (nota: eles não participaram da etapa de Porto Rico). Mas estamos preparando mais um salto, talvez dois para utilizarmos no Mundial de Kazan - disse Luiz Outerelo, 23 anos. 
A primeira prova da tarde desta 6ª feira foi o trampolim de 1 metro feminino, vencido por Juliana Veloso, do Fluminense, 267,95 pontos. O pódio foi completado por Milena Sae, do Clube Semanal, de Campinas/SP (prata), 252,35, e a paraibana Luana Lira, do Grêmio Cief/PB (bronze), 240,10. Luana, de 19 anos, treina em Brasília desde outubro do ano passado, e é um exemplo do aparecimento de saltadores de outros centros fora do eixo RJ-SP, como demonstra também a equipe da Adesef, de Belém/PA, de onde saiu Ian Matos, hoje no Fluminense.
- Sempre treinei no Grêmio Cief, onde cheguei criança pois queria fazer algum esporte. O que eu desejava mesmo era a ginástica, mas como lá não tinha, acabei nos Saltos, fui gostando e me destacando nas competições locais. Depois disputei campeonatos regionais e nacionais e competi no exterior com a seleção brasileira de base - disse Luana, que hoje treina em Brasília porque "o parque aquático do Grêmio Cief entrou em obras e não queria ficar parada e aqui tem este Centro de Excelência, que é muito bom. As obras em João Pessoa já terminaram, mas fui ficando por aqui devido à esta estrutura, mas represento o Grêmio Cief...e a Paraíba - concluiu Luana. Ela e Milena Sae participaram involuntariamente de uma conquista e perda de medalha em 24 horas. Na véspera, na nova prova de Equipes, disputada por um casa, Milena conquistara bronze, mas depois foi feita uma retificação, em que a medalha passou para a dupla de Luana, que chegara em 4º lugar. Mas hoje (sex), foi feita nova correção, ratificando a decisão anterior, o que devolveu a medalha de bronze a Milena e seu companheiro Igor Justino.
O trampolim de 1 metro, assim como a prova de equipe e as sincronizadas mistas não são provas olímpicas, e assim, não só estão fora das Olimpíadas como também dos Jogos Pan-Americanos. Mas no Mundial de Esportes Aquáticos, elas estão presentes. O Brasil deverá competir em todas elas, mas não levará nenhum saltador extra somente para isto. Os que já estiverem convocados para a disputa das provas olímpicas (plataforma e trampolim de 3 metros individual e sincronizado, tanto no feminino como no masculino) serão chamados a disputa-las.
Resultados 2º dia – 29/05/15 – 6ª feira (tarde)
Trampolim 1m Fem (final direta) = 1 - Juliana Veloso, Fluminense, 267,95 / 2 - Milena Sae, Clube Semanal, 252,35 / 3 - Luana Lira, Grêmio Cief, 240,10

Trampolim 3m sincronizado Masc (final direta) = 1 - Luiz Felipe Outerelo & Ian Matos, Fluminense, 376,26 / 2º Pietro Toscani & Jackson Rondinelli, Pinheiros, 302,49 / 3º Kawan Pereira & Luis Felipe Moura, Centro Olímpico Gama-UnB/DF
Programação do Troféu Brasil
Dia 30/5 – Sábado
9h30 às 12h
Plataforma Fem (Final) / Trampolim de 3m Masculino (Final) / Trampolim de 3m Misto (final direta)
Dia 31/5 – Domingo
9h30 às 12h
Trampolim de 3m Fem (Final) / Plataforma Masc (Final) / Plataforma Mista (final direta)
POR Souza Santos



O QUE ACONTECE DE NOTÍCIA NO MUNDO DOS ESPORTES AQUÁTICOS VOCÊ LÊ PRIMEIRO AQUI - BLOG FRANCISSWIM 320.000 VISUALIZAÇÕES / MÊS NA WEB














Nenhum comentário: