sábado, 8 de agosto de 2015

BRUNO FRATUS BRONZE NO MUNDIAL DE KAZAN



Kazan/RUS- Bruno Fratus tem uma jornada de quatro anos até chegar ao pódio Mundial. Na noite deste sábado, 8/08, ele colocou seu nome na lista dos 29 medalhistas brasileiros na história da competição com bronze nos 50m livre (21s55), depois de quatro anos perseguindo um lugar entre os três primeiros do planeta. Subiu um degrau, mas segue a máxima Rolling Stone que diz “I can’t get no satisfaction” (Eu não me satisfaço). E com essa obstinação pela melhora ele passou do quinto lugar no Mundial de 2011 em Xangai (21s96), para o quarto nos Jogos Olímpicos de Londres, em 2012 (21s59); uma operação no ombro o tirou do Mundial de 2013, em Barcelona; e agora está entre os melhores outra vez, mas já no pódio com o bronze (21s55).
- Estou feliz, claro, é meu melhor resultado até agora, mas quem me conhece sabe que eu sou chato e quero sempre mais.  Sei que poderia ter nadado mais rápido. Se consigo o bronze vou trabalhar pro que falta para a prata e para o ouro. O tempo de reação (saída do bloco) e o final da prova são duas coisas que vamos dar mais atenção agora. Estou doido pra voltar pra casa é já começar a treinar para as Olimpíadas.
O francês Florent Manaudou, em grande forma em Kazan, marcou 21s19 e venceu a disputa que teve o americano Nathan Adrian apenas três centésimos abaixo de Bruno (21s52) e o russo Vladmir Morozov por um centésimo fora do pódio (21s56).
- Um bronze num Campeonato Mundial é um resultado excelente. O que todo mundo vê como bronze eu vejo como poucos centésimos pra pegar a prata e eu vejo o que eu tenho fazer pra chegar ao ouro. A gente vive de resultado e se eu ficar satisfeito com o que tenho, vem alguém querendo o meu bronze atrás de mim. Tenho sempre que estar querendo evoluir. É o que me dá prazer. Sentar, definir um plano, traçar metas, treinar, sentir dor e, enfim, todo aquele processo que vocês conhecem – finalizou.
Nos 50m livre Etiene Medeiros parou na semifinal. Ela marcou 25s03, o 16º tempo da etapa.
- Não entrei na prova. Fiquei meio dispersa e acabei não indo muito bem. Esporte é assim. Um dia a gente está bem, outro não e hoje não foi um bom dia pra mim. Acho que faltou um pouco de adrenalina.  Vou pensar com carinho nessa prova. Todo mundo me fala isso. Eu gosto de nadar muito essa prova, mas hoje não encaixou. Estou em busca de resultados mais expressivos. A gente sempre quer mais. O esportista é assim – disse.
No penúltimo dia de provas em Kazan o Brasil está empatado com a Itália em 12º lugar na natação - com três medalhas de prata e uma de bronze – entre os top 15, na frente de Dinamarca e da Holanda.
Diferente da equipe que nadou as eliminatórias, com Matheus Santana, Marcelo Chierighini, Larissa Oliveira e Daynara de Paula, o revezamento 4x100m livre misto do Brasil, fez 3m25s58 e garantiu o sexto lugar na decisão, com Bruno Fratus no lugar de Marcelo.
- O time inteiro nadou muito. Matheus abriu bem. Bruno conseguiu fazer uma parcial muito boa, eu e a Day conseguimos segurar as meninas, então estamos todos de parabéns. O resultado foi bem legal, consegui me reerguer na competição. A prova de hoje me mostrou que eu consigo chegar onde eu quero, que tenho potencial para estar entre as melhores. Vai ser com a vontade e a superação que nadei hoje que vou dar o meu máximo amanhã (nos 4x100m medley) para classificar o revezamento para as Olimpíadas – Larissa Oliveira.
Mesmo tendo nadado poucas provas antes, Bruno foi o segundo a cair na água e bateu em 47s83.  Matheus abriu com 48s96, Larissa foi a terceira na água com 25s89 e Daynara marcou 54s54.
- A palavra chave aqui é time. De todas as seleções brasileiras que eu participei esta aqui, sem dúvidas, foi a que mais pareceu um time mesmo, uma equipe. Acho que isso é fundamental, visando o ano que vem. Cada um está prestando atenção no resultado e na evolução do outro e é uma experiência muito gostosa de se viver, porque todo mundo está crescendo junto e quer continuar crescendo junto – Bruno Fratus.
Resultados – Dia 08/08 50m borboleta F – 1) Sarah Sjostrom – SWE – 24s96 / 2) Jeanette Ottesen – DEN – 25s34 / 3) Lu Ying – CHN – 25s37
50m livre M – 1) Florent Manaudou – FRA – 21s19 / 2) Nathan Adrian – USA – 21s52 / 3) Bruno Fratus – Brasil – 21s55
200m costas F – 1) Emily Seebohm – AUS – 2m05s81 / 2) Missy Franklin – USA – 2m06s34 / 3) Katinka Hosszu – HUN -2m06s84
50m peito F – Semifinal – Sem brasileiras
100m borboleta M – Chad Le Clos – RSA – 50s56 / 2) Laszlon Cseh – HUN – 50s87 / 3) Joseph Schooling – SIN – 50s96
50m livre F – Semifinal – 16) Etiene Medeiros – Brasil – 25s03
50m costas M – Semifinal – Sem brasileiros
800m livre F – 1) Katie Ledecky – USA – 8m07s39 / 2) Lauren Boyle – NZL – 8m17s65 / 3) Kaz Carlin – GBR – 8m18s15
4x100m livre misto – 1) Estados Unidos – 3m23s05 – RM / 2) Holanda – 3m23s10 / Canadá – 3m23s59 / 6) Brasil - Matheus Santana, Bruno Fratus, Larissa Oliveira e Daynara de Paula – 3m25s58
Mundial FINA dos Esportes Aquáticos – Histórico de medalhas Brasileiras
1- Berlim 1978 – Bronze – 100m costas masculino – Rômulo Arantes Júnior
2- Guayaquil 1982 – Ouro – 400m medley masculino – Ricardo Prado
3- Roma 1994 – Bronze – 100m livre masculino – Gustavo Borges
4- Roma 1994 – Bronze – 4x100m livre masculino – Gustavo Borges, Fernando Scherer, Teófilo Ferreira e André Teixeira
5- Roma 2009 – Ouro – 50m livre masculino – Cesar Cielo Filho
6- Roma 2009 – Ouro – 100m livre masculino - Cesar Cielo Filho
7- Roma 2009 – Prata – 50m peito masculino – Felipe França Silva
8- Roma 2009 – Bronze – 5 km feminino – Poliana Okimoto
9- Xangai 2011 – Ouro – 25km feminino – Ana Marcela Cunha
10- Xangai 2011 – Ouro – 50m borboleta masculino - Cesar Cielo Filho
11- Xangai 2011 – Ouro – 50m livre masculino - Cesar Cielo Filho
12- Xangai 2011 – Ouro – 50m peito masculino – Felipe França Silva
13- Barcelona 2013 – Ouro – Poliana Okimoto – 10km
14- Barcelona 2013 – Ouro – Cesar Cielo – 50m borboleta
15- Barcelona 2013 – Ouro – Cesar Cielo – 50m livre
16- Barcelona 2013 – Prata - Poliana Okimoto – 5km
17- Barcelona 2013 – Prata – Ana Marcela Cunha – 10 km
18- Barcelona 2013 – Bronze – Ana Marcela – 5km
19- Barcelona 2013 – Bronze – Allan do Carmo, Poliana Okimoto, Samuel de Bona – Prova por Equipe 5km
20- Barcelona 2013 – Bronze – Felipe Lina – 100m peito
21- Barcelona 2013 – Bronze – Thiago Pereira – 200m medley
22- Barcelona 2013 – Bronze – Thiago Pereira – 400m medley
23 – Kazan 2015 - Ouro - Ana Marcela Cunha - 25km
24 – Kazan 2015 - Prata – Allan do Carmo, Ana Marcela Cunha e Diogo Villarinho - Prova por equipe 5km
25 – Kazan 2015 - Bronze – Ana Marcela Cunha – 10km
26 – Kazan 2015 – Prata – Nicholas Santos – 50m borboleta
27 – Kazan 2015 -  Prata – Thiago Pereira – 200m medley
28 – Kazan 2015 – Prata – Etiene Medeiros – 50m costas
29 -  Kazan 2015 – Bronze - Bruno Fratus – 50m livre
Eliana Alves/ Mariana de Sá
Foto: Satiro Sodré/CBDA
TEXTO : CBDA/Divulgação

















COMPARTILHE ESTE POST E CONCORRA A UM KIT NATAÇÃO (TOUCA- SUNGA OU MAIO - ÓCULOS - TOALHA DE BANHO)

Nenhum comentário: