domingo, 30 de agosto de 2015

RAFAELA RAURICH ESTÁ NA FINAL DOS 200M LIVRE DO MUNDIAL JUNIOR DE CINGAPURA 2015


Rafaela Raurich - Foto: Satiro Sodré/CBDA CBDA/Divulgação

Cingapura – Na manhã deste domingo, 30/08 (noite do dia 29/08, no Brasil), foi disputada a última etapa eliminatória do 5º Campeonato Mundial Junior de Natação. Com mais 300 nadadores, entre 14 e 18 anos, de 87 países, a competição teve início no dia 25/08. Nesta noite, a partir das 18h (7h no horário de Brasília), serão definidos seus últimos vencedores. O Brasil estará presente em quatrosdecisões, com Pedro Spajari e Felipe Souza, no 100m livre; Rafaela Raurich, no 200m livre; Brandonn Almeida, no 1500m livre; revezamento 4x100m medley masculino.
Rafaela Raurich precisou de 2m01s40 para garantir a primeira final feminino do Brasil na competição, nos 200m livre. Paranaense de 14 anos, Rafaela é a nadadora mais jovem da delegação do Brasil.
- Eu treinei muito para esta prova e sonhei em buscar a final. O tempo foi bom, mas achei que seria ainda melhor, porque estava nadando na frente delas. Vendo os meus outros resultados, achei que estaria entre as 12 primeiras. Mas foi melhor. Tenho uma raia para nadar a final e sinto que a ainda tenho o que melhorar. Consegui segurar um pouco no final e agora quero fazer o melhor tempo da vida – comentou Rafaela.
Em março deste ano, Rafaela conquistou o ouro desta prova, no torneio Multinations Júnior, em Israel, com 2m02s66. Essa competição é disputada pela Liga Europeia, mas pelo prestígio da natação brasileira, a CBDA é convidada e envia seus atletas, desde 1991.
A última prova com classificação brasileira foi o revezamento masculino 4x100m medley. Nadando na última série, Guilherme Basseto, Eduardo Amaral, Vinicius Lanza e Vcitor Furtado fizeram 3m44s25 e chegaram a final com o quinto melhor tempo da manhã.
FOTO
Victor Furtado, Guilherme Basseto, Eduardo Amaral e Vinicius Lanza - Foto: Satiro Sodré/CBDA
-  Foi uma prova boa. Gostei do meu resultado e acho que todos fizeram bons tempo. Classificamos com uma boa marca e a tarde, com certeza, vamos melhor bem esse tempo. Todos estão muito concentrados e na decisão vamos buscar uma medalha – disse Victor Furtado. 
No feminino, Maria Luiza Pessanha, Gabrielle Roncatto, Maria Paula Heitmann e Sarah Marques,ficaram na 11ª colocação, com 4m19s55 e fora da final. As brasileiras nadaram a primeira série, com apenas mais dois países, Alemanha e Eslováquia. Sarah Marques, que fechou a prova para o Brasil, analisou a serie e sua primeira participação em Mundiais.
- Agora melhorei meu tempo, o que é bom, mas foi estranho nadar com pouca gente assim. Perdemos um pouco a referência. Em duas provas individuais eu consegui melhorar minha marcar. Em outras duas não, mas cheguei perto. Ainda não consigo mensurar o quanto esta competição vai ser importante para a minha carreira, mas sei que essa experiência me prepara bastante. O nível é forte e a estrutura muito parecida com os mundiais absolutos e Jogos Olímpicos. Quando a gente chegar lá, não vamos sentir tanto porque já estivemos aqui – completou Sarah.
Nathan Biguetti foi o primeiro brasileiro a nadar no último dia, na fase classificatória dos 200m costas.Com 2m02s04, o nadador ficou na décima colocação e fora da decisão. Na competição junior as provas de 200m ou acima desta distância é definida em eliminatória e final, sem a disputa de semifinais.
Nos 200m borboleta, o Brasil contou com dois representantes. Kauê Carvalho e Henrique Painhas, com 2m01s67 e 2m02s21, ficaram na 14ª e 18ª colocações respectivamente. Kauê Carvalho, de 17 anos anos, fez sua estreia na competição.
FOTO

Kauê Carvalho - Foto: Satiro Sodré/CBDA
- Eu gostei do tempo e de enfim ter nadado. Normalmente participo da prova dos 100, até para quebrar o gelo, mas aqui não foi assim. A competição é incrível e cada vez mais o nível está aumentando. Muitos atletas aqui já competem bem no adulto. Eu tenho o sonho de representar o Brasil nas Olimpíadas de 2020 e sei que esta competição é um passo muito importante para eu chegar até lá – comentou Kauê Carvalho. 
Na última séria da manha, Guilerme Costa, conhecido por todos como - Cachorão, fez 15m33s78  e ficou na quarta colocação, entre os nadadores das séries fracas dos 1500m livre. A noite, os oito melhores tempo de balizamento nadarão a série forte da prova. Brandonn Almeida, medalha de prova nos 400m medley, nadará a série da noite em busca de mais um pódio para o Brasil.
Os atletas brasileiros participam do 5º Mundial Junior FINA de Natação com recursos dos Correios - Patrocinador Oficial dos Desportos Aquáticos Brasileiros, e ainda do Bradesco/Lei de Incentivo Fiscal, Lei Agnelo/Piva - Governo Federal - Ministério do Esporte e COB, Sadia, Speedo e Universidade Estácio de Sá.
Eliminatórias – 6ª Etapa
200m Costas Masc – 10) Nathan Biguetti – 2m02s04
200m Peito Fem – Sem brasileiras
200m Borboleta Masc – 14) Kauê Carvalho – 2m01s67 / 18) Henrique Painhas – 2m02s21
200m Livre Fem – 6) Rafaela Raurich -2m01s40 / 28) Gabrielle Roncatto – 2m04s87
4x100m Medley Masc – 5) Brasil - Guilherme Basseto, Eduardo Amaral, Vinicius Lanza e Vcitor Furtado - 3m44s25
4x100m Medley Fem – 11) Brasil - Maria Luiza Pessanha, Gabrielle Roncatto, Maria Paula Heitmann e Sarah Marques - 4m19s55
1500m Freestyle Masc – Serie Fraca - 4) Guilherme Costa - 15m33s78

Programação


Dia 30/08 – Domingo
100m Livre Masc - Felipe Souza e Pedro Spajari
200m Peito Fem - Sem
200m Costas Masc - Sem brasileiros
100m Borboleta Fem - Sem brasileiras
1500m Livre Masc – Série Forte - Brandonn Almeida
50m Livre Fem - Sem brasileiras
200m Borboleta Masc - Sem brasileiros
50m Peito Masc - Sem brasileiros
200m Livre Fem - Rafaela Raurich
4x100m Medley Masc - Brasil
4x100m Medley Fem - Sem Brasil

Mariana de Sá CBDA






Nenhum comentário: