sexta-feira, 30 de junho de 2017

VASCO DA GAMA REINAUGURA PISCINA OLÍMPICA DE SÃO JANUÁRIO


Reforma foi possível graças ao convênio com o Comitê Brasileiro de Clubes. Arquibancadas serão reformadas até o final do ano





Foto Ao lado do 2º vice-presidente geral Silvio Godoi e do presidente do Conselho Deliberativo, Luis Manuel, presidente Eurico Miranda reinaugra piscina olímpica de São Januário - Foto: Paulo Fernandes/Vasco.com.br

Após longo período sem utilização por conta do abandono na gestão anterior, o presidente Eurico Miranda, ao lado de todo os poderes do clube, do presidente do Comitê Olímpico Brasileiro, Jair Alfredo, inaugurou a piscina olímpica do clube, que será utilizada pelos atletas e paratletas do Gigante da Colina já a partir da próxima segunda-feira (03/07).

O Parque Aquático do Vasco foi construído na década de 50 e sua piscina principal baseada no modelo usado nos Jogos Olímpicos de 1952, em Helsinque, na Finlândia. Entre torneios nacionais e internacionais disputados no Vasco destacam-se uma etapa da Copa do Mundo de Natação em 1998 e o Pré-Olímpico de Polo Aquático em 2004.

- É importante dizer que para conseguir os recursos, o Vasco cumpriu uma série de ações para regularização fiscal. É muita satisfação para nós reinaugurar a nossa piscina olímpica. Para o Vasco, esta é só uma primeira etapa. Já está em pleno andamento as obras nas arquibancadas para recuperar totalmente o Parque Aquático, devolvendo ao Vasco o que é dele. Houve um desleixo, descaso e negligência que resultaram nisso tudo. O Vasco não é só um clube de futebol e sim olímpico. Claro que o futebol é o carro-chefe, mas buscamos valorizar as nossas raízes - afirma o presidente Eurico Miranda.




Foto Piscina olímpica de São Januário - Foto: Paulo Fernandes/Vasco.com.br
foto Presidente Eurico Miranda mostra aos convidados todos os equipamentos recebidos do CBC


A reforma foi possível graças ao convênio entre o Vasco e o CBC no Edital 05/2015, que garantiu recursos de R$2.898.670,71 , sendo quase um milhão de reais para a recuperação e novos equipamentos para a piscina, base da natação paralímpica do clube.

- Primeiro quero cumprimentar ao presidente Eurico Miranda, o Conselho e toda diretoria. O Vasco não é somente um time, mas também um clube. A diretoria mostrou aqui hoje a sua preocupação com o patrimônio. O Comitê Brasileiro de Clubes se orgulha em fazer parte de um projeto desse, que engradece cada vez mais a formação de atletas olímpicos e paralímpicos no país - destaca Jair Alfredo, presidente do CBC.

Além da solenidade tradicional, os atletas paralímpicos Adriel Salino, Wesley Falcão, Luan Carlos Santos, Camille Rodrigues, Giovanni Villas Boas, Daniel Teófilo, Gutemberg Ferraz e Glauber realizaram uma exibição da prova 200m medley.  


Foto Atletas do clube participam de prova 200m medley - Foto: Paulo Fernandes/Vasco.com.br


As duas fases da reforma do Parque Aquático

A primeira fase de recuperação do Parque Aquático incluiu a reforma da piscina olímpica, a da piscina de saltos e das piscinas auxiliares, além de dois vestiários.

O convênio 62 do Edital 05/2015 assinado com o CBC proporcionou ao Vasco recursos de R$2.898.670,71, com investimentos nos seguintes setores:
- Aquisição de novos barcos  e remos para a modalidade Remo;
- Aquisição de sistema de filtragem automatizado para piscina olímpica;
- Aquisição de sistema de aquecimento para piscina olímpica;
- Aquisição de blocos de partida (total de 28) para utilização na piscina montada tanto para 50m, quanto para 25m;
- Aquisição de equipamentos de fisioterapia para os atletas paralímpicos;

Valor total do investimento para o Remo: R$ 1.899.013,92; valor executado após o processo de licitação R$ 1.872.737,17

Valor total de investimento para a Natação Paralímpica: R$ 999.656,79; valor executado após o processo de licitação R$ 979.575,00
Valor economizado com o processo de Licitação: R$ 46.358,54




Foto Presidente Eurico Miranda cumprimenta paratleta do clube ao lado de José Mourão, vice-presidente do Departamento Infanto-juvenil - Foto: Paulo Fernandes/Vasco.com.br

O valor investido com recursos repassados pelo Comitê Brasileiro de Clubes possibilitou a compra dos modernos equipamentos de filtragem e aquecimento. Além disso, em obras prévias para a instalação desses sistemas e reformas nos vestiários e entorno das piscinas, o Vasco investiu cerca de quatrocentos mil reais em recursos próprios.


Além de servir prioritariamente a equipe paralímpica do Vasco, a piscina também atenderá aos atletas olímpicos da natação do clube. As obras de recuperação total do Parque Aquático continuarão até o fim do ano, quando estarão plenamente recuperadas as arquibancadas, valorizando o patrimônio e resgatando o papel histórico do clube na natação.



Foto Presidente do CBC em discurso na reinauguração da piscina olímpica - Foto: Paulo Fernandes/Vasco.com.br


Por: Assessoria de Imprensa






Nenhum comentário: