sexta-feira, 30 de junho de 2017

Joanna Maranhão lança projeto social “Emancipa Esporte”, que promove formação social de crianças através do esporte


A princípio, na modalidade natação, o projeto visa oferecer aulas gratuitas a 80 crianças de 8 a 12 anos de idade da rede pública de ensino de Belo Horizonte, MG. A iniciativa também envolverá o judô.
A nadadora Joanna Maranhão, da equipe da Universidade Santa Cecília (Unisanta) lançou, na última quarta-feira (28),  o projeto social “Emancipa Esporte”, ligado à Rede Emancipa. A atleta é coordenadora da modalidade natação e a iniciativa visa, a princípio, oferecer aulas gratuitas a 80 crianças de 8 a 12 anos de idade da rede pública de ensino de Belo Horizonte, MG. Futuramente, a pernambucana planeja expandir o projeto a outras cidades.
Para o primeiro ano, o projeto terá atuações em duas vertentes. Primeiramente, promoverá a formação de atletas de acordo com a metodologia de formação desenvolvida por Joanna e, além disso, promoverá a formação social de crianças, adolescentes e futuros professores (as) de Educação Física, com o objetivo de afastá-los dos diversos problemas sociais, priorizando o atendimento a crianças e adolescentes das comunidades mais carentes e em situação de vulnerabilidade social.
A iniciativa tem, como um dos objetivos, construir um projeto político-pedagógico que vai além da modalidade esportiva, formando atletas para vida, com uma série de palestras em diversos temas, entre eles: projeto de vida, higiene, nutrição, pedofilia, sexualidades e relações de gênero, diversidade étnico-racial, drogas e redução de danos, entre outros, visando combater influências sociais que possam prejudicar a formação destes atletas.
Além da natação, o projeto envolverá o judô, modalidade que será coordenada pelo marido de Joanna, o judoca Luciano Corrêa, criador do projeto “Esportes Sem Fronteiras”, em Belo Horizonte. Na área social, além do “Emancipa Esporte”, Joanna mantém a ONG Infância Livre, no Recife, em Pernambuco, que dá suporte a crianças vítimas de pedofilia.
Joanna Maranhão é detentora do melhor resultado da natação feminina brasileira em Jogos Olímpicos (quinta colocação em Atenas 2004, nos 400m medley). Além disso, é recordista do ranking brasileiro em oito provas olímpicas. Em julho, a nadadora representará o Brasil e a Unisanta no 17º Mundial de Desportos Aquáticos da FINA, em Budapeste, na Hungria. A atleta competirá na prova dos 400m medley.

Por Lucas Santos








Nenhum comentário: