terça-feira, 15 de setembro de 2015

Henrique Martins é chamado às pressas e faz bonito no Desafio Raia Rápida, no Rio de Janeiro


Neste sábado, o nadador Henrique Martins, do Minas, participou, pela seleção brasileira, do Desafio Raia Rápida. O atleta foi convocado para substituir Matheus Santana, que sofreu uma infecção alimentar. Henrique estava no interior de São Paulo, em um casamento de uma prima, e teve de ir às pressas para o Rio de Janeiro, onde competiu em alto nível. Com duas vitórias individuais, Felipe França no peito e Nicholas Santos no borboleta, o quarteto, completado por Henrique (livre) e Daniel Orzechowski (costas) ainda levou com folga o revezamento 4x50m medley, deixando para trás Estados Unidos, África do Sul e Itália.
Henrique explicou o que teve de fazer para participar da competição. “Doze horas atrás, eu curtia um casamento. Mas participei de uma competição contra grandes nadadores mundiais, campeão olímpico. Foi bem legal, uma sensação única. Não sabia nem muito o que esperar. Cheguei no susto mesmo. Não sabia nem como funcionava direito. Foi bem desafiador e bem bacana”, disse Henrique, que ficou em segundo lugar na disputa dos 50m livre, atrás apenas do medalhista de ouro da prova nas Olimpíadas de Sydney 2000, o americano Anthony Ervin.
Com um ponto em cada classificação individual e seis pela vitória no revezamento, o Brasil levou o título, com 15 no total. Os Estados Unidos ficaram com a segunda colocação, com 11 pontos, e a África do Sul, em terceiro, com nove. A Itália ficou em último, com apenas um ponto somado.
Henrique Martins fez bonito nos 50m livre. Venceu a primeira série, com 22s77, e garantiu vaga na final com 23s12, na segunda. Mas o brasileiro foi superado na decisão pelo americano Anthony Ervin, que anotou 22s43 contra 23s10 de Henrique.

FONTE IMPRENSA MINAS TÊNIS CLUBE




Nenhum comentário: