quinta-feira, 24 de setembro de 2015

Bruno Pais lidera 800 atletas que vão estrear Cascais Triathlon


Bruno Pais quer ganhar a 1ª edição do Cascais Long Distance Triathlon, que se realiza no próximo domingo. A prova foi apresentada esta quarta-feira em Cascais e além do triatleta olímpico, agora dedicado a distâncias longas, marcaram também presença Katarina Larsson e Vanessa Pereira, atletas de elite que vão ajudar os seus clubes naquela que será a 3ª etapa do Campeonato Nacional de Clubes de Triatlo Longo.
“Venho cá para tentar ganhar”, afirmou Bruno Pais (Benfica), não se deixando intimidar pela "armada espanhola" que estará também a competir em Cascais, e referindo que, pela sua experiência em provas de triatlo de todo o mundo, esta prova “tem todas as condições para se tornar uma referência a nível internacional”.
“Vai ser bonita, mas dura”, afirmou Katarina Larsson (Sporting). Vanessa Pereira (Atlético), por seu turno, falou do seu “vício bom” do triatlo de longa distância como este que, domingo, vai estender-se desde o Monte de Estoril até à Malveira da Serra.

O salão nobre da Câmara Municipal de Cascais encheu para a conferência de Imprensa, onde o autarca local, Carlos Carreiras, destacou a beleza do concelho e o impacto de uma prova como esta na economia local, bem como as capacidades organizativas de Jorge Paulo Pereira, o comandante de aviões que idealizou para a histórica vila uma prova de triatlo de nível internacional.
Deste sonho do agora diretor da prova nasceu o Cascais Long Distance Triathlon, que, na sua edição de estreia, ficou com as inscrições esgotadas a mais de um mês e meio da sua data de realização. “O impacto foi brutal. Quantas mais inscrições tivéssemos mais atletas teríamos”, declarou Jorge Paulo Pereira.
“Serão 800 os atletas, mas poderiam ser 1000. Fica para 2016”, acrescentou o diretor que teve a seu lado, para além de Carlos Carreiras, também o vereador do desporto, Frederico de Almeida, e o presidente da Federação de Triatlo de Portugal, Fernando Feijão.
Também marcaram presença, e manifestaram a sua confiança no grande sucesso do evento, os representantes da Adecco e Everis, empresas que dão o nome a duas das provas do evento. A Adecco patrocina a distância Super-Sprint e a Everis o Corporate Division, competição por estafetas destinada a empresas e instituições.
O 1º Cascais Long Distance Triathlon inclui três provas com distâncias diferentes – capaz de integrar atletas de todos os níveis competitivos. A prova principal será feita na distância conhecida por half-ironman (1,9 km de natação, 90 km de ciclismo e 21,1 km de corrida) e constituirá Campeonato Nacional de Longa Distância.
Serão disputadas ainda a CASCAIS WORLD (1,1 km de natação, 46 km de ciclismo e 10,5 km de corrida) e ainda a ADECCO SUPER-SPRINT (300 m de natação, 8 km de ciclismo e 2 km de corrida), – ambas de carácter eminentemente participativo e que servem de contacto com a modalidade.

Declarações na conferência de Imprensa:
Bruno Pais
Heptacampeão nacional de triatlo olímpico
(Benfica)
“Venho ao Cascais Triathlon para tentar vencer. É o principal objetivo. Adoro esta zona. Fazia falta uma prova com estas características em Cascais. Já participei em muitas provas a nível internacional mas estas é uma das mais bonitas para a realização de um Triatlo internacional. Já treinei 30 a 40 horas semanais mas hoje a idade [34 anos] já começa a pesar e estou a realizar entre 20 a 30 horas. Quanto aos adversários, e à ‘armada espanhola’ que irá estar presente confesso que não conheço. Portanto domingo o objetivo é mesmo para vencer.”

Katarina Larsson
(Sporting)
Campeã Europeia em 2014 de 30-34 anos na distância olímpica
 “Vi muita gente a treinar no percurso. Eu também já lá treinei. Vai ser uma prova bonita mas dura. O meu objetivo para o Cascais Triathlon? É sempre difícil fazermos uma antevisão das nossas provas. E esta tem características especiais pela distância e percurso que é um dos mais bonitos do mundo. Estou aqui para ajudar a minha equipa, o Sporting, na classificação coletiva, numa prova que integra o campeonato nacional de clubes de longa distância. Mas se conseguisse subir ao pódio na classificação individual de elites seria excelente.”

Vanessa Pereira
(Atlético CP)
Pentacampeã nacional de triatlo
“O Triatlo é uma modalidade que eu amo. Não é um sacrifício para mim. Para mim é um vício bom. Não podia faltar ao Cascais Triathlon. Por amizade ao Jorge [Paulo Pereira] e pelas características únicas deste evento disputado em Triatlo Longo. Só peço ao público que acorde mais cedo e venha apoiar-nos a todos e dessa forma mostrarem que o desporto em Portugal não é só futebol.”

Paulo Silva
Participante na primeira edição do antigo Triatlo de Cascais, em 1985.
“Não podia faltar ao Cascais Triathlon apesar de apenas dois meses de preparação. Não vai ser fácil. Cascais tem grandes condições para a realização de provas de Triatlo e até de um Ironman. Só comparável com o Ironman de Lanzarote, nas Canárias.”

Carlos Carreiras
Presidente da Câmara Municipal de Cascais
“Não sou um especialista de Triatlo mas sou um profundo admirador dos atletas. Cascais é considerado o melhor local do mundo para fazer triatlo mas também parta escrever um livro ou pintar um quadro ou viver o dia-a-dia. O Mundo divide-se cada vez mais em tribos e a tribo do Triatlo é, segundo o presidente da FTP, composta por 3,1 milhões de praticantes, o que corresponde a um terço da população de Portugal. Queremos que essas pessoas possam vir desfrutar de Cascais. Elas são geradoras mais-valias para a economia local com a criação de postos de trabalho. Cascais tem condições únicas, diferentes, para oferecer aos atletas como é o caso da mais bonita baia do mundo assim como o percurso do Guincho, assim como o centro urbano. Queremos aproveitar essas condições. Temos pessoas competentes, como é o caso do comandante Jorge Pereira, que há três anos, por sua conta e risco, lançou o Triatlo do Estoril.”

Jorge Paulo Pereira
Diretor do Cascais Triathlon
“Já viajei muito e sei que temos um dos percursos mais belos do mundo. Desde 2010 que pensamos num evento com estas características. Acreditamos que o Cascais Triathlon tem tudo para ser uma competição de nível mundial: Um percurso dos mais bonitos do mundo; o apoio da Câmara de Cascais; o apoio dos patrocinadores; e uma dedicada equipa organizativa com 300 elementos. Esgotamos as inscrições nos 800 participantes e podemos chegar aos 1000 já em 2016. Quero agradecer à Câmara Municipal de Cascais, ao Turismo de Portugal, à Federação de Triatlo e ao Staff da prova, que é fundamental.”

Fernando Feijão
Presidente da Federação de Triatlo de Portugal
“O Triatlo tem vindo a crescer em todo o mundo. Neste momento conta com 3,1 milhões de atletas. Em Portugal crescemos no último ano de 1834 para 2354 com 97 clubes filiados na FTP. Desde a primeira hora que apoiamos esta organização do Cascais Triathlon em tudo o que é possível e, pelos inscritos, é desde já um sucesso.”

Frederico de Almeida
Vereador do desporto CMC
“A prova está já a ser um sucesso com as inscrições a esgotarem a um mês da prova. Tenho a certeza, pelo trabalho realizado pelo Jorge Paulo Pereira, que será uma prova de referência no futuro a nível Mundial.”

Francisca Buccellato
Representante da Everis
“A atitude dos atletas, a grande garra na superação dos desafios, o potenciar em cada um as suas capacidades fez-nos identificar com esta modalidade. O espirito de equipa evidenciado na Corporate Division é um estímulo para as empresas apostarem no desporto e na vida saudável.”

David Sanglas
Representante da Adecco
“Existe proximidade do desporto nos nossos valores. Todas as pessoas da Adecco fazem desporto. É uma hora fazer parte desta prova que vai ser uma referência para Cascais.”
Fonte Cascais Triathlon  Press 



O QUE ACONTECE DE NOTÍCIA NO MUNDO DOS ESPORTES AQUÁTICOS VOCÊ LÊ PRIMEIRO AQUI - BLOG FRANCISSWIM 320.000 VISUALIZAÇÕES / MÊS NA WEB

http://www.kickante.com.br/campanhas/blog-francisswim-esportes-aquaticos




















Nenhum comentário: