segunda-feira, 7 de setembro de 2015

Antigos atletas de elite voltam a competir em Cascais - Portugal



Fernando Damas e Paulo Silva fazem parte da história do triatlo em Portugal. Foram dois dos primeiros triatletas de elite no nosso país. No final da década de 1980 e início de 1990, brilharam ao mais alto nível e vão regressar a Cascais para provar que velhos só existem mesmo os trapos.
Fernando Damas, atualmente com 62 anos, foi o primeiro português a terminar, de forma oficial, o mítico Ironman do Havai, em 1989. A viver no Algarve, o antigo campeão nacional e internacional português tem nos seus planos regressar à ilha de Kona para voltar a viver as emoções da mais popular prova de triatlo longo do mundo.
Paulo Silva, de 53 anos (completa os 54 no dia a seguir ao Cascais Triathlon) recorda a primeira edição do Triatlo de Cascais, em 1985, que“teve a peculiaridade de ter dois parques de transição, um no parque de estacionamento da Praia da Duquesa e o outro no Autódromo do Estoril, onde se inicia o segmento de corrida”.
“Foi um triatlo nas distâncias 800m/42Km/10Km, com um segmento de natação mais curto para possibilitar a participação de mais atletas oriundos do ciclismo e atletismo, que não tinham, naquele tempo, muita tradição como nadadores”, relata, 30 anos depois.
“Se bem me recordo, o ciclismo subia a Av. 25 de Abril, passando por Aldeia de Juzo em direção à Malveira da Serra, depois, Janes, Vale de Cavalos, Pizão, Alcabideche, Alcoitão, Manique, Aeródromo de Tires, Abóboda, Trajouce, Albarraque, Abrunheira, Ranholas, Linhó, Autódromo. A corrida terminava no Parque de Transição da Duquesa, as estradas à época eram ligeiramente diferentes, passava por Alcabideche, zona da rotunda do Pai do Vento, que ainda não existia, descendo em direção ao centro de Cascais”, acrescenta.
Inscrições esgotadas na edição de estreia
Recorde-se que as inscrições para a primeira edição do Cascais Long Distance Triathlon já esgotaram. A mais de um mês e meio do dia do evento, marcado para 27 de setembro, foi atingido o limite de inscrições para esta edição de estreia, aguardada com grande expetativa por triatletas amadores e profissionais, de Portugal e estrangeiro.
Cerca de 800 atletas vão participar no evento, que inclui três distâncias diferentes e pretende tornar-se rapidamente uma referência internacional da modalidade, face à extraordinária beleza da paisagem, à qualidade organizativa e ao lote de atletas participantes.
O 1º Cascais Long Distance Triathlon é um projeto da empresa 3 Iron Sports, dirigida por Jorge Paulo Pereira, tornou-se possível graças à Câmara Municipal de Cascais, ao Turismo de Portugal, à Federação de Triatlo de Portugal, bem como às empresas Everis,Adecco Portugal, Hotel Vila Galé Cascais, Rádio Comercial e CP – Comboios de Portugal.
A prova principal, que servirá para a disputa do Campeonato Nacional de Triatlo Longo, será disputada na distância conhecida por half-ironman: 1,9 km de natação, 90 km de ciclismo e 21,1 km de corrida.
Serão disputadas ainda as provas Cascais World na distância aproximada da olímpica (1,1 km de natação, 45 km de ciclismo e 10,5 km de corrida) e a Adecco Super-Sprint (300 m de natação, 8 km de ciclismo e 2 km de corrida), podendo todas elas ser disputadas no formato por estafetas ou ainda enquadradas na Everis Corporate Divisions, destinado à competição (estafetas) entre empresas.
O segmento de natação será disputado entre a praia da Duquesa e a dos Pescadores, em Cascais. O percurso de ciclismo, certamente um dos mais belos do mundo, começa na baía de Cascais e percorre toda a estrada do Guincho e parte da Malveira da Serra.
Na corrida, último segmento da prova, os triatletas vão percorrer as principais ruas de Cascais até ao Paredão, entre Cascais e São João do Estoril, o qual recebe pela primeira vez uma prova oficial. O Parque de Transição (PT) é o coração do evento e estará localizado na Baía de Cascais, beijando o areal. 

Em anexo: foto de Paulo Silva




Nenhum comentário: