quinta-feira, 4 de maio de 2017

FELIPE LIMA FAZ 4º TEMPO DO MUNDO E VOA NAS ELIMINATÓRIAS DOS 50M PEITO NO TROFÉU MARIA LENK 2017


Rio de Janeiro/RJ - O melhor resultado desta manhã (qui, 4/05) pela 3ª etapa eliminatória do Troféu Maria Lenk coube a Felipe Lima. O nadador do Minas Tênis marcou o melhor tempo de sua carreira nos 50m peito, 27s01, a 4ª melhor marca de 2017 no mundo. A melhor performance de Felipe até hoje (qui) tinha sido o 27s11 do Mundial de Barcelona, em 2013. As finais desta etapa serão realizadas a partir das 17hh30, no parque aquático Maria Lenk, com entrada franca, food-trucks e animação infantil para o público.
- Foi muito bom e vou procurar melhorar à noite. Nos 100m peito também nadei bem pela manhã, mas com os problemas de energia e tudo mais, não tive o mesmo desempenho nas finais. Mas hoje estou otimista que vou baixar ainda mais, e quem sabe, ter os dois melhores tempos de minha carreira, no mesmo dia – disse Felipe. No feminino, nossa representante do estilo nos Jogos do Rio, Jhennifer Conceição, do Pinheiros, foi a melhor com 31s04.
Na primeira prova do dia, os 100m livre feminino, Alessandra Marchioro estava radiante com seu desempenho.
- Fui muito bem hoje. Meu treino está encaixando, estou feliz e muito motivada. Não digo que vou ganhar ou conseguir índice para o Mundial, mas que minha natação está boa, com certeza está – afirmou Alessandra, uma das mais altas nadadoras do país, com 1,86m e que tem uma paixão enorme pela natação, onde entrou aos seis anos e não quis saber de outra modalidade, apesar da estatura favorável.
Na versão masculina da prova, Marcelo Chierighini, do Pinheiros, e Bruno Fratus, do Internacional de Regatas (Santos/SP), obtiveram os dois melhores tempos e largarão lado a lado na final, respectivamente nas raias 4 e 5. Marcelo marcou 48s46 e Fratus, 48s50. Eles foram os únicos a completaram a prova abaixo dos 49 segundos. Gabriel Santos e Cesar Cielo, ambos do Pinheiros, vieram a seguir, com 49s12 e 49s14, respectivamente. Completam o time de finalistas: Matheus Santana, da Unisanta (49s55); Leonardo Alcover (49s57), Henrique Martins (49s59) e Marco Antônio Ferreira Jr (49s61), os três do Minas. Este último empatou com Pedro Spajari, do Pinheiros, e teria um desempate para saber quem iria pra final A ou B, mas Spajari abriu mão da prova. Chierighini analisou sua performance.
- Não posso reclamar, competi pouco esta temporada e tive troca de técnico. Estou adorando trabalhar com o Sérgio Lopes, mas sempre que há uma troca de treinamento dá dúvidas na cabeça. Foi bom agora de manhã, mas quero fazer mais rápido à tarde. Voltarei a viver no Brasil no 2º semestre e é sempre bom ter a família por perto – resumiu Chierighini. 


Fotos: Satiro Sodré / SSPress / CBDA
Já Bruno Fratus falou sobre sua participação numa equipe pequena (em comparação com o gigante Pinheiros, seu ex-clube) e em variar as provas que participa.
- Tem sido um Maria Lenk diferente, pra mim, fazendo meu próprio cronograma. A primeira queda foi boa, mas estava um pouco preso ainda. A passagem foi um pouco mais alta do que estava querendo, mas pra manhã foi bom. Agora quero nadar o melhor que posso, o mais rápido possível. Passei os últimos anos focando em uma prova (os 50m livre), mas agora estou treinando e nadando o que aparece na frente, querendo ser o mais rápido que posso – comentou Bruno Fratus.
A última prova da manhã foi a dos 200m borboleta. Vinícius Lanza, a revelação do Minas Tênis, garantiu sua vaga na principal raia da final, a de nº 4, com 1m58s08, à frente dos olímpicos Luiz Altamir, do Pinheiros (1m58s26) e Kaio Márcio, também do Minas (1m58s91).
- - Foi um boa prova. Venho de dois dias bem desgastantes, mas me senti bem e consegui controlar bem. Agora é descansar e estar ainda melhor para a final, de tarde – analisou Vinicius Lanza.
Antes, o público no Maria Lenk viu as disputas nos 50mm costas em que os favoritos confirmaram seu talento e garantiram a primeira posição na final da tarde: Etiene Medeiros, do Sesi (28s57) e Guilherme Guido, do Pinheiros (25s16).
Melhores tempos das eliminatórias da 3ª etapa - 4/05/2017
100m livre F - Alessandra Marchioro - Unisanta - 55s72
100m livre M - Marcelo Chierighini - Pinheiros - 48s46
50m peito F - Jhennifer Conceição - Pinheiros - 31s04
50m peito M - Felipe Lima - Minas Tênis - 27s01
50m costas F - Etiene Medeiros - Sesi - 28s57
50m costas M - Guilherme Guido - Pinheiros - 25s16
200m borboleta F - Joanna Maranhão - Unisanta - 2m13s39
200m borboleta M - Vinícius Lanza - Minas Tênis - 1m58s08
Programação
3ª etapa (5ª feira, 4/5 = finais: 17h30)
100m livre F / 100m livre M / 50m peito F / 50m peito M / 50m costas F / 50m costas M / 200m borboleta F / 200m borboleta M 
4ª etapa (6ª feira, 5/5 = eliminatórias, 9h30 / finais: 19h)
400m medley F / 400m medley M / 200m livre F / 200m livre M / 200m costas F / 200m costas M / 50m borboleta F / 50m borboleta M / 4x100m livre F / 4x100m livre M 
5ª etapa (sábado, 6/5 = eliminatórias, 9h30 / finais: 19h)
200m peito F / 200m peito M / 50m livre F / 50m livre M / 800m livre F / 1500m livre M / 4x100m medley F / 4x100m medley M 
Obs: Os revezamentos serão disputadas diretamente nas finais.  Já as provas mais longas – 800m e 1500m livre F e M terão as séries com os tempos de balizamentos mais lentos disputadas pela manhã, enquanto nas finais será realizada a série com os 8 tempos mais rápidos entre os inscritos.

Fonte CBDA
Por Eliana Alves / Souza Santos / Mariana de Sá
Fotos: Satiro Sodré / SSPress / CBDA



Nenhum comentário: