sexta-feira, 5 de maio de 2017

Em mais uma noite de conquistas para a Unisanta no Maria Lenk, Joanna Maranhão e Leonardo de Deus brilham nos 200m borboleta


Melhor atleta da competição, nadadora de 30 anos chegou ao quarto ouro em quatro provas e ainda quebrou o próprio recorde brasileiro e sul-americano; Leonardo de Deus alcança quarta melhor marca do mundo em 2017
Na terceira noite de finais, nessa quinta-feira (4), o Troféu Maria Lenk de Natação foi novamente de ótimos resultados para a Unisanta. Na disputa dos 200m borboleta na piscina do Parque Aquático Maria Lenk, no Rio de Janeiro (RJ), Joanna Maranhão venceu, quebrou os recordes brasileiro e sul-americano, que pertenciam a ela mesmo, e ainda alcançou a quarta vitória em quatro provas, seguindo como a melhor atleta desta edição da competição. Nos mesmos 200m borboleta, Leonardo de Deus garantiu o ouro e de quebra, estabeleceu a quarta melhor marca do mundo da prova em 2017.
Além dos dois ouros, a Unisanta conquistou mais três medalhas nas finais dessa quinta-feira (4): uma prata com Andrea Berrino, nos 50m costas (tempo de 28s52), e outros três bronzes, com Alessandra Marchioro, nos 100m livre (55s92), e nos 50m peito, com Felipe França (27s32) e Julia Sebastian (31s54).
Em três dias de competição, a Unisanta soma 21 medalhas, sendo 11 de ouro, quatro de prata e seis de bronze e segue como a líder no quadro de medalhas. O time ceciliano segue na terceira colocação geral do Maria Lenk, com 1.050 pontos. A primeira posição é do Pinheiros, com 1.295 pontos, enquanto o Minas é o segundo, com 1.042. Na somatória apenas entre as mulheres, a Unisanta é a vice-líder do campeonato, 520,50 pontos. A primeira colocação está com o Pinheiros, com 531.
A nadadora da Unisanta, Joanna Maranhão, roubou a cena pelo terceiro dia consecutivo no Maria Lenk. Com a quarta vitória em quatro provas, a nadadora de 30 anos estabeleceu o novo recorde sul-americano e brasileiro dos 200m borboleta, com o tempo de 2m9s22.
“Em três meses na Unisanta, as coisas estão dando muito certo. Estou nadando muito e me sentindo bem. Confesso que não esperava quebrar recordes e ainda ser a melhor a atleta desta atual edição do Maria Lenk. Isso me deixa muito feliz e estou muito motivada para a prova de amanhã, dos 400m medley, que eu vivi momentos de amor e ódio com ela em toda minha carreira”, disse a nadadora, que liderança o quadro dos atletas mais eficientes do campeonato, com 185 pontos.
Já Leonardo de Deus conquistou a segunda medalha de ouro no Maria Lenk, nos 200m borboleta (anteriormente, ganhou o revezamento 4x200m). Com o tempo de 1m54s91, o nadador da Unisanta alcançou a quarta melhor marca da prova no mundo em 2017. Além disso, ele voltou ao Top 8 da lista dos pré-convocados para o Mundial de Budapeste, com o resultado dessa quinta-feira (4).
“Este ano está sendo maravilhoso. Todas as mudanças que venho passando em minha vida, estão trazendo ótimos resultados. Vinha buscando há anos nada abaixo 1m55 e hoje, consegui. Hoje, é um dia muito feliz para mim com esse grande resultado e tem muito mais por vir ainda”, disse o nadador.

Unisanta inicia quarto dia com 19 nadadores nas eliminatórias
No quarto dia de disputas do Maria Lenk, a Unisanta será representada por 19 nadadores em oito eliminatórias, que acontecem a partir das 9h30. Ainda nesta sexta-feira (5), ocorrem os revezamentos 4x100m livre masculino e feminino.
Nos 400m medley, Joanna Maranhão busca a quinta medalha de ouro no Maria Lenk. Entre os homens, Rafael Luiz de Souza está na disputa. Já nos 200m livre, Gabrielle Roncatto, Isabel Fagundes e Carolina Bilich caem na água no feminino, enquanto Felipe Ribeiro nada no masculino.
Em seguida, acontece a disputa dos 200m costas, com Andrea Berrino, Marina Nascimento e Patricia Neumann, entre as mulheres. Nelson Júnior, João Victor Pena, Leonardo Fim e Gabriel Romano competem entre os homens. Na última eliminatória do dia, Daiene Dias disputa os 50m borboleta feminino. Já Matheus Santana, Nicholas Santos, André Luiz Souza, Gabriel Cardenes e Caio Tonet nadam no masculino.
As finais desta sexta-feira (5) do Maria Lenk estão marcadas para as 19 horas, com transmissão ao vivo do Sportv3.
Os melhores da competição brigam por vagas no Mundial de Esportes Aquáticos da FINA, que será em julho, em Budapeste, na Hungria, e também para o Mundial Junior de Natação, que acontecerá em agosto, em Indianápolis, nos Estados Unidos.
Resultados da Unisanta nas finais desta quinta-feira (4):
100m Livre Feminino
Final A
3º – Alessandra Marchioro – 55s92
5º – Gabrielle Roncatto – 55s96
Final B
14º – Daiene Dias – 57s15
100m Livre Masculino
Final A
4º – Matheus Santana – 49s01
Final B
14º – Felipe Ribeiro – 50s34
50m Peito Feminino
Final A
3º – Julia Sebastian – 31s31
Final B
9º – Alessandra Marchioro – 33s01
10º – Isabel Fagundes – 33s05
50m Peito Masculino
Final A
3º – Felipe França – 27s32
50m Costas Feminino
Final A
2º – Andrea Berrino – 28s52
Final B
12º – Marina Nascimento – 31s13
50m Costas Masculino
Final A
7º – Nelson Júnior – 25s82
Final B
14º – Gabriel Romano – 27s15
200m Borboleta Feminino
Final A
1º – Joanna Maranhão – 2m9s22 (recorde brasileiro e sul-americano)
Final B
16º – Patricia Neumann – 2m25s51
200m Borboleta Masculino
Final A
1º – Leonardo de Deus – 1m54s91 (quarto melhor tempo da prova no mundo em 2017)
Final B
16º – Rafael de Souza – 2m07s56
Classificação da Unisanta após o terceiro dia:
1º Pinheiros – 1.295,00
2º Minas – 1.042,00
3º Unisanta – 1.000,50
4º Corinthians – 449,50
5º GNU – 378,50
Nadadores da Unisanta nas eliminatórias desta sexta-feira (5):
400m Medley Feminino
Joanna Maranhão
400m Medley Masculino
Rafael Luiz Souza
200m Livre Feminino
Gabrielle Roncatto
Isabel Fagundes
Carolina Bilich
200m Livre Masculino
Felipe Ribeiro
200m Costas Feminino
Andrea Berrino
Marina Nascimento
Patricia Neumann
200m Costas Masculino
Nelson Júnior
João Victor Pena
Leonardo Fim
Gabriel Romano
50m Borboleta Feminino
Daiene Dias
50m Borboleta Masculino
Matheus Santana
Nicholas Santos
André Luiz Souza
Gabriel Cardenes
Caio Tonet
Revezamento 4x100m Livre Feminino
Revezamento 4x100m Livre Masculino

Assessoria de Imprensa da Unisanta
Por Felipe Gongola e Vinicius Vieira  Grupo 5



Nenhum comentário: