quinta-feira, 15 de setembro de 2016

BRASIL CONQUISTA TRÊS MEDALHAS NA NATAÇÃO NESTA SEGUNDA FEIRA DA PARALIMPÍADA RIO 2016


A noite de segunda-feira foi boa para a natação brasileira nos Jogos Paralímpicos Rio 2016. Três medalhas foram conquistadas durante as finais e ajudaram o país a manter a quinta colocação no quadro geral de medalhas.
As conquistas de hoje ainda podem aumentar. Nos 200m medley SM6, Talisson Glock terminou a prova em quarto, mas herdou a medalha de bronze após a desclassificação do colombiano Nelson Crispin. Contudo, a delegação da Colômbia entrou com recurso e o resultado ainda está sendo estudado.
Entre as medalhas confirmadas, estão o ouro de Daniel Dias nos 50m livre S5, a prata de Joana Neves nos 50m livre S5, e o bronze de Andre Brasil nos 100m borboleta. O multimedalhista Daniel Dias subiu ao pódio em uma Paralimpíada pela 20ª vez, a quinta no Rio 2016.
Daniel Dias
"Foi muito emocionante hoje. Nos 50m borboleta foi quando eu fiquei mais sentido. Eu, que nado muitas provas, acabo passando por momentos emocionais difíceis. Mas hoje eu pensei "quero dar uma alegria a mais para a torcida, e vamos cantar o hino junto". Fico agradecido de poder ganhar uma medalha de ouro, comemorar com a torcida e ainda dar um abraço na minha família depois de tudo isso".
Joana Neves
"Estou bem satisfeita. Essa é um pouco diferente daquela medalha que ganhei em Londres. Lá, se eu tivesse nadado um pouco mais rápido, teria ficado com a prata, e aqui ela veio e indica que eu fiz o trabalho certo. Já chorei muito, estou meio desnorteada. A gente pensa que e irreal, que é um sonho, mas aí a gente conquista e fica um filme passando na nossa cabeça. Ainda estou vendo e estou um pouco eufórica".
Andre Brasil
Que angústia. Eu disse que ia sair a medalha. Ela demorou um pouquinho mais do que eu esperava. Eu dei tudo que podia dar, mas nos últimos 15 metros eu senti dor demais, não aguentava mais nadar. Há muito tempo eu não virava a prova nos 25s, e hoje, com 32 anos, me senti um garoto de novo. Muita gente almeja aqueles três lugares especiais, e na natação, são poucos os que já alcançaram. Esta é minha 11ª medalha, e não importa a cor, é uma medalha.
Nas outras finais com brasileiros, Thomaz Matera ficou em oitavo nos 400m livre S13; Ruiter Silva fechou os 100m livre S9 em quinto; Veronica Almeida terminou os 50m borboleta em oitavo; e Clodoaldo Silva ficou em sétimo nos 50m livre S5.
Assessoria de Imprensa do Comitê Paralímpico Brasileiro
Por
Marcelo Regua/CPB/MPIX
Daniel Dias exibe a medalha de ouro conquistada nesta segunda-feira



Publicado por Francismar Siviero











O QUE ACONTECE DE NOTÍCIA NO MUNDO DOS ESPORTES AQUÁTICOS VOCÊ LÊ PRIMEIRO AQUI - BLOG FRANCISSWIM Foram mais de 35.000.000 de VISUALIZAÇÕES no último ano


Francisswim Esportes Aquáticos é uma ferramenta única,   abrangente, multi-linguas, uma referência on-line para a comunidade aquática. Informação vistas nos últimos 12 meses no facebook (24.397.084), Google+ (5.144.802), blog (401.672). Clique no link e visite 




http://www.kickante.com.br/campanhas/blog-francisswim-esportes-aquaticos











































Nenhum comentário: