sexta-feira, 1 de abril de 2016

QUATRO MEDALHAS E QUEDA DO RECORDE MAIS ANTIGO DO SUL-AMERICANO






As finais na segunda noite do Campeonato Sul-Americano de Natação trouxeram para o Brasil mais quatro pódios e três novos campeões sul-americanos. Isto porque Fabio Santi, Luiz Altamir e Raphael Oliveira conquistaram suas primeiras medalhas de ouro na competição absoluta, nesta quinta-feira, 31/03. Entre os quatro recordes da noite, a nova marca dos 200m costas, feita por Fabio Santi, derrubou o recorde mais antigo do campeonato , feito por Rogério Romero, em 2000. Após a segunda etapa, o Brasil segue a frente na pontuação, ao somar 191 pontos. A Argentina aparece em segundo, com 172 e a Colômbia em terceiro, 104 pontos.A competição no Paraguai segue até domingo, dia 03/04.
Em umas das disputas mais emocionantes da noite, os 200m costas entre homens, Fabio Santi, com 1m59s47, não só conquistou o ouro, como fez cair o recorde mais antigo do campeonato. Fabio derrubou a marca feita por Rogério Romero (1m59s77)  em 2000, na edição de Mar del Plata. O nadador de 27 anos está em busca do índice olímpico nesta prova e classificou esse resultado como muito positivo.
- Não estava me sentindo bem antes da prova, mas consegui me superar. Nesta fase de treinamento eu queria nadar na casa de 1m59s e deu certo. Cheguei perto do meu melhor tempo (1m59s38) feito no Open de 2015 e conquistei este ouro tão esperado. Agora precisamos manter o foco no treinamento, melhorar esse tempo e buscar essa vaga no Troféu Maria Lenk – analisou Fabio Santi.
Leonardo de Deus, com 2m01s14, garantiu a quarta colocação. Leo, que também se prepara para o Maria Lenk, alcançou o índice olímpico desta prova ao marcar 1m57s43, no Torneio Brasileiro/Open, em dezembro de 2015. No feminino, Natalia de Luccas ficou muito próxima do pódio, mas com 2m15s41 conquistou a quarta colocação, seguida pela também brasileira, Gabriela Mello, com 2m18s24, em quinta. A prova que teve novo recorde de campeonato, 2m13s47, foi vencida pela a argentina Andrea Berrino.
Nos 400m livre, Luiz Altamir com um excelente final de prova garantiu o ouro, com 3m51s33, e também conquistou sua primeira vitória em Sul-Americanos absoluto. Luiz Altamir, de 19 anos, que está em fase final de preparação para o Troféu Maria Lenk, não ficou distante do tempo (1m57s43) que lhe dá, hoje, uma vaga para disputar esta prova no Rio 2016. 
- Trabalhamos muito a parte final da prova, que é meu ponto forte, e fizemos a estratégia de não deixar ninguém abrir muito no começo. O resultado foi ainda melhor do que esperávamos, mas é tudo fruto do nosso treinamento diário. Ainda estamos começando o polimento e hoje fiquei bem confiante e acredito que virão coisas boas para a gente, já no Maria Lenk. A sensação de subir ao pódio e ouvir o hino é sensacional, não vou esquecer – comentou Luiz Altamir. 
Giovanny Lima, de 19 anos, um dos estreantes em seleções absolutas, ficou com a sexta colocação dos 400m livre, com 3m56s30.
Na prova feminina dos 400m livre, Manuella Lyrio, com 4m10s62, garantiu a única medalha de prata brasileira da etapa e somou a sua terceira na competição. “Estou gostando bastante dos meus resultados, tanto os de ontem como o de hoje. O mais importante é que o Maria Lenk está chegando e estamos com um bom nível de competitividade”. Bruna Primati, com 4m15s10, conquistou a quarta colocação para o Brasil.
Nas primeiras provas da etapa, os 50m peito, Raphael Oliveira conquistou o primeiro ouro da noite e seu segundo na competição. Com esta vitória, o Brasil garantiu a hegemonia da prova e conquistou seu oitavo ouro consecutivo, pois as disputas não olímpicas de 50 metros foram introduzidas no programa sul-americano em 2000. Henrique Barbosa, com 28s86, ficou na oitava posição. Entre as mulheres, Pamela Alencar conquistou o quinto lugar, 33s64.
Na última disputa da noite, o revezamento 4x100m medley misto, o Brasil foi desclassificado. O ouro ficou com a Argentina, prata com o Paraguai e bronze com a Venezuela.
As eliminatórias desta sexta-feira, 1º de Abril, terá início as 9h30, no horário local (10h – hora de Brasília).
Delegação Brasileira
Atletas: Alan Vitória, Ana Giulia da Faria, Brandonn de Almeida, Bruna Primati, Daiene Dias, Daynara de Paula, Etiene Medeiros, Fabio Santi, Gabriela Mello, Gabriela Rocha, Giovanny Lima, Graciele Herrmann, Guilherme Guido, Henrique Barbosa, Henrique Rodrigues, Icaro Pereira, Jessica de Bruin Cavalheiro, Joanna Maranhão, Leonardo de Deus, Luiz Altamir Melo, Manuella Lyrio, Natalia de Luccas, Nathália Almeida, Pamela Alencar Souza, Pedro Spajari e Raphael Rodrigues
Comissão Multidisciplinar: Alberto Silva, Fernando Vanzella, André Luis Ferreira, Carlos Matheus – Treinadores. Médica: Karina Hatano. Fisioterapeuta: Rafael de Oliveira. Massoterapeuta: Vagner do Nascimento. Biomecânico: Manoel Moraes. Chefe de equipe: Carlos Camargo.
Resultados – Finais – 31/03
50m Peito Fem – 1) Macarena Ceballos – Argentina – 31s93 / 2) Julia Sebastian – Argentina – 32s13 / 3) Mercedes Toledo – Venezuela – 32s36 / 5) Pamela Alencar – Brasil – 33s64
50m Peito Masc - 1) Raphael de Oliveira – Brasil – 27s97 / 2) Martin Melconián – Uruguai - 28s01 / 3) Jorge Maria Murillo – Colômbia – 28s04 / 8) Henrique Barbosa – Brasil – 28s86
200m Costas Fem – 1)  Andrea Berrino – Argentina – 2m13s47 / 2) Carolina Colorado – Colômbia – 2m15s03 / 3) Florência Perrote – Argentina – 2m15s30 / 4) Natalia de Luccas – Brasil – 2m15s41 / 5) Gabriella Mello – 2m18s24
200m Costas Masc – 1) Fabio Santi – Brasil – 1m59s47 – Recorde de Campeonato / 2) Omar Andres Pinzon – Colombia – 2m00s13 / 3) Matias Lopez – Paraguai – 2m00s13 / 4) Leonardo de Deus – Brasil – 2m01s43
400m Livre Fem – 1) Andreina Pinto – Venezuela – 4m07s17 / 2) Manuella Lyrio – Brasil - 4m10s62 / 3) Delfina Pignatiello – Argentina – 4m13s75 / 4) Bruna Primati – Brasil – 4m15s10
400m Livre Masc – 1) Luiz Altamir – Brasil – 3m51s33 / 2) Martin Naidich – Argentina – 3m52s23 / 3) Christian Quintero – Venezuela – 3m51s33 / 6) Giovanny Lima – Brasil – 3m56s30
4X100m Medley Misto – 1) Argentina – 3m52s31 / 2) Paraguai –3m57s79 / 3) Venezuela – 3m59s56 / Brasil - Desclassificado – Natalia de Luccas, Henrique Barbosa, Daynara de Paula e Alan Vitoria.

Programação
Dia 01/04
50m Livre Fem – Graciele Herrmann e Etiene Medeiros
50m Livre Masc – Alan Vitória e Pedro Spajari
200m Borboleta Fem – Gabriela Rocha e Joanna Maranhão
200m Borboleta Masc – Luiz Altamir e Leonardo de Deus
1500m Livre Fem -
800m Livre Masc -
4X100m Livre Misto

Dia 02/04
100m Livre Fem – Manuella Lyrio e Etiene Medeiros
100m Livre Masc – Pedro Spajari e Alan Vitória
50m Costas Fem – Ana Giulia Zortea e Etiene Medeiros
50m Costas Masc – Fabio Santi e Guilherme Guido
50m Borboleta Fem – Daynara de Paula e Daiene Dias
50m Borboleta Masc – Henrique Rodrigues
400m Medley Fem – Joanna Maranhão
400m Medley Masc – Brandonn Almeida
4X200m Livre Fem
4X200m Livre Masc

Dia 03/04
100m Borboleta Fem – Daiene Dias e Daynara de Paula
100m Borboleta Masc – Leonardo de Deus e Henrique Rodrigues
200m Peito Fem – Ana Giulia Zortea e Pamela Alencar
200m Peito Masc – Raphael de Oliveira e Henrique Barbosa
800m Livre Fem – Bruna Primati
1500m Livre Masc
4X100m Medley Fem
4X100m Medley Masc

Fotos Satiro Sodré // SSPress
Fonte CBDA Mariana de Sá


NÃO PODEMOS AJUDAR A TODOS, MAS TODOS PODEM AJUDAR ALGUÉM. 
CONTRIBUA COM O BLOG FRANCISSWIM ESPORTES AQUÁTICOS




O QUE ACONTECE DE NOTÍCIA NO MUNDO DOS ESPORTES AQUÁTICOS VOCÊ LÊ PRIMEIRO AQUI - BLOG FRANCISSWIM 320.000 VISUALIZAÇÕES / MÊS NA WEB



http://www.kickante.com.br/campanhas/blog-francisswim-esportes-aquaticos















































Nenhum comentário: