terça-feira, 19 de abril de 2016

MARCELO, NICOLAS, JOÃO E MATHEUS NO REVEZAMENTO 4X100


Acabou a luta. Nas finais desta segunda-feira, 18/04, no Parque Aquático Olímpico os melhores nos 100m livre após as duas seletivas olímpicas são Marcelo Chierighini, Nicolas Nilo Oliveira, João de Lucca, Matheus Santana, Gabriel Santos e Allan Vitória.
— Acho que é um espírito de competição muito grande, mas agora que a gente se definiu é hora da gente se juntar e acreditar. Faz muito tempo que o Brasil não se une de uma forma positiva, bem bacana pra gente buscar esse revezamento, de companheirismo mesmo. Vai ser muito bacana estar competindo com eles porque além de companheiros de equipe são amigos mesmo, a gente já se conhece há muito tempo. Estou na posição de mais velho e incentivar o pessoal a acreditar. Estou muito tranquilo, com outros objetivos, olhando pra frente e com a cabeça muito boa. No Pan de 2007 eu tinha 17, 18 anos e botaram a responsabilidade de fechar o revezamento 4x200m e foi uma das maiores emoções da minha carreira de atleta e 10 anos depois poder estar revivendo isso de novo numa piscina que a gente às vezes nem acredita que é Brasil, quando estiverem 15 mil pessoas aqui dentro vai ser bem bacana — Nicolas Nilo.
O Brasil pode levar até seis nadadores para disputar o revezamento, ou seja, os dois da prova individual, mais dois apenas para o revezamento e até mais dois como reservas. No entanto, é preciso cuidado com a estratégia, pois todos os atletas na delegação são obrigados a nadar na eliminatória e/ou na final. A comissão técnica brasileira ainda decidirá até o dia 23/04 como será o time do país. Na final do Maria Lenk 2016, Marcelo foi ouro (48s23), Nicolas prata (48s54) e o canadense Santo Condorelli bronze (48s66). Condorelli é medalhista de prata do Pan de Toronto, nesta prova. João de Lucca foi o terceiro brasileiro na decisão (48s68). Chierighini disse que o mais importante era garantir a vaga.
— Eu queria baixar um pouquinho agora na final, mas realmente acho que não importa o tempo e sim que consegui pegar uma vaga na final. Era uma coisa que eu queria muito. Vai ser minha segunda olimpíada, mas vai ser a primeira vez que estou nadando prova individual. A minha avaliação é excelente, não posso reclamar. Eu acho que o revezamento está muito bom, com todo mundo nadando na casa dos 48 (segundos) médio, 48 “pouco alto”. Eu sabia que a seletiva ia ser muito forte. Nessa prova a gente tem mais de dez nadadores na casa dos 48s, acho que nem nos Estados Unidos tem isso, o nível está excelente e altíssimo. Cheguei em 2013 muito bem e próximo da minha melhor fase, mas não consegui manter. No ano seguinte eu nadei muito mal, fiquei muito chateado e pensei até em parar em nadar. Estava meio de “saco cheio” de natação. Continuei insistindo nos treinos porque meu técnico sempre acreditou em mim. Ele falava “não Marcelo, você tem capacidade e potencial para voltar a nadar para 48s baixo, 47s”. Fui indo devagar, passo a passo. Até que com a seletiva olímpica em casa eu não tinha como não ficar animado, dar meu melhor, treinar o máximo e deu resultado. Pra mim uma coisa que ajuda muito é ele falar comigo, comecei a fazer ioga, antes não conseguia me controlar antes da prova, ficava muito nervoso. Hoje, conversar com o Brett, buscar os detalhes da prova e com ioga, consegui ficar mais calmo e na hora do vamos ver consegui colocar o plano em ação – contou Chierighini.
Uma grata surpresa foi o tempo de Gabriel Santos, do Pinheiros. O nadador junior de 19 anos é o quinto na linha entre os melhores na seletiva Olímpica e integrou o time de revezamento do Mundial da categoria, em Dubai 2013, que terminou em 5º lugar. Outros dois integrantes daquele reveza também foram finalistas hoje no Maria Lenk: Pedro Spajari (8º, 49s49) e Felipe Ribeiro Souza (1º da Final B, 50s38). O outro integrante, Gustavo Louzada parou nas eliminatórias, com o 20º tempo (50s64).
— Fiquei muito feliz com o resultado. Sabia que era capaz, mas faltava pôr em prática. Vinha em uma temporada boa nos treinos. Foi a minha melhor marca, mas estou bem e acho que consigo baixar – Gabriel Santos.


Gabriel Santos. Foto: Satiro Sodré / SSPress / CBDA
Terça-feira, 19/04, será a vez das mulheres nos 100m livre definirem quem irá para a disputa individual e qual será o quarteto do revezamento. Até o momento, apenas Etiene Medeiros (54s26) tem tempo abaixo do índice da prova (54s43).
As finais do quarto dia também confirmaram Tales Cerdeira, da Unisanta, e Thiago Simon, do Corinthians, como os atletas dos 200m peito para as Olimpíadas. Simon fez índice na primeira seletiva, o Open 2015, e Cerdeira, nas eliminatórias do Maria Lenk. Nos 200m borboleta feminino, a chinesa Shuang Li foi a vencedora da prova, com 2m11s46. Joanna Maranhão, do Pinheiros (2m11s75) e Virginia Bardach (2m12s08) completaram o pódio.


Thiago Simon / Foto: Satiro Sodré / SSPress / CBDA
A Natação Brasileira conta com recursos dos Correios - Patrocinador Oficial dos Desportos Aquáticos Brasileiros -, e ainda do Bradesco/Lei de Incentivo Fiscal, Lei Agnelo/Piva - Governo Federal - Ministério do Esporte, COB, Speedo e Estácio.

Resultados da 4ª etapa - 18/04/2016
100m Livre Masc – 1) Marcelo Chierighini – Pinheiros – 48s23 / 2) Nicolas Oliveira – Minas Tênis – 48s54 / 3) Santo Condorelli – Canadá – 48s66

200m Borboleta Fem – 1) Shuang Li – China – 2m11s46 / 2) Joanna Maranhão – Pinheiros – 2m11s75 / 3) Virginia Bardach – Argentina – 2m12s08

 200m Peito Masc – 1) Thiago Pereira – Minas Tênis – 2m11s86 / 2) Felipe França Silva – 2m12s03 / 3) Ippei Miyamoto – Japão – 2m12s13
Pontuação de clubes = O Esporte Clube Pinheiros lidera o Maria Lenk 2016 desde o primeiro dia. Agora, após quatro etapas, o clube paulista totaliza 1124 pontos, seguido por Corinthians e Minas Tênis, com 478 e 435 pontos, respectivamente. Completam a lista dos que estão com mais de 100 pontos, o Sesi/SP, 355; a Unisanta, 347; o Flamengo, 178; e Grêmio Náutico União/RS, 171.
PROGRAMA DE PROVAS - MARIA LENK 2016 (Eliminatórias a partir das 9h30 e Finais às 17h30, com exceção do dia 20/4, que será às 17h)
5ª etapa - 3ª feira, 19/4 - 100m livre F / 200m costas M / 200m peito F / 200m medley M

6ª etapa - 4ª feira, 20/4 - 50m livre M / 50m livre F / 100m borboleta M / 200m costas F / 1500m livre M / 800m livre F
ATLETAS COM ÍNDICE PARA RIO 2016 (índices entre parênteses) até as finais do 4º dia (18/4) do Troféu Maria Lenk 2016 - * definidos para as Olimpíadas
1 - 50m livre M (22s27) = Bruno Fratus - 21s50 (Open) / Ítalo Duarte - 22s08 (Open) / Marcelo Chierighini - 22s17 (Daltely) / Matheus Santana - 22s17 (Open) / Henrique Martins - 22s25 (Open)
2 - 50m livre F (25s28) = Etiene Medeiros - 24s71 (Open)  / Graciele Herrmann - 24s92 (Open)
3 - 100m livre M (48s99) = Marcelo Chierighini - 48s20 (Maria Lenk) * / Nicolas Nilo Oliveira - 48s30 (Maria Lenk) * / João de Lucca - 48s59 (Maria Lenk) / Matheus Santana - 48s71 (Daltely) / Gabriel Santos - 48s84 (Maria Lenk) / Alan Vitória - 48s96 (Daltely) / Cesar Cielo - 48s97 (Maria Lenk) 
4 - 100m livre F (54s43) = Etiene Medeiros - 54s26 (Daltely)
5 - 200m livre M (1m47s97) = Nicolas Nilo Oliveira - 1m46s97 (Maria Lenk) * / João de Lucca - 1m47s65 (Maria Lenk) *
6 - 200m livre F (1m58s96) = Larissa Oliveira - 1m57s37 (Maria Lenk) * / Manuella Lyrio - 1m58s43 (Open) *
7 - 400m livre M (3m50s44) = Luiz Altamir Melo - 3m50s32 (Open) *
8 - 100m borboleta F (58s74) = Daiene Dias - 58s04 (Maria Lenk) * / Daynara de Paula - 58s38 (Maria Lenk) * /  Etiene Medeiros - 58s49 (Maria Lenk)
9 - 100m borboleta M (52s36) = Henrique Martins - 52s14 (Open) / Marcos Macedo - 52s17 (Daltely) / Nicholas Santos - 52s31 (Daltely)
10 - 200m borboleta M (1m56s97) - Leonardo de Deus - 1m55s54 (Maria Lenk) * / Kaio Márcio - 1m56s21 (Maria Lenk) *
11 - 100m costas F (1m00s25) - Etiene Medeiros - 1m00s00 (Maria Lenk) *
12 - 100m costas M (54s36) = Guilherme Guido - 53s09 (Open) *
13 - 200m costas M (1m58s22) = Leonardo de Deus - 1m57s43 (Daltely)
14 - 100m peito M (1m00s57) = João Gomes Junior - 59s06 * (Maria Lenk) / Felipe França - 59s36 (Maria Lenk) * / Pedro Cardona - 59s77 (Maria Lenk)/  Felipe Lima - 1m00s06 (Maria Lenk) / Raphael Rodrigues - 1m00s48 (Maria Lenk) 
15 - 200m peito M (2m11s66) = Tales Cerdeira - 2m10s99 (Maria Lenk) * / Thiago Simon - 2m11s29 (Open) *
16 - 200m medley M (2m00s28) = Henrique Rodrigues - 1m58s26 (Daltely) / Thiago Pereira - 1m58s32 (Daltely)
17 - 200m medley F (2m14s26) = Joanna Maranhão - 2m14s04 (Open) *
18 - 400m medley F (4m43s46) = Joanna Maranhão - 4m38s66 (Maria Lenk) *
19 - 400m medley M (4m16s71) = Brandonn Almeida - 4m14s07 (Open) * 
Revezamentos confirmados
4x200m livre F = Larissa Oliveira - 1m57s37 (Maria Lenk) * / Manuella Lyrio - 1m58s43 (Open) * / Jessica Cavalheiro - 1m59s05 (Maria Lenk) * / Gabrielle Roncatto - 1m59s22 (Maria Lenk) * 
4x100m livre M = Marcelo Chierighini - 48s20 (Maria Lenk) * / Nicolas Nilo Oliveira - 48s30 (Maria Lenk) * / João de Lucca - 48s59 (Maria Lenk) * / Matheus Santana - 48s71 (Daltely) *
Eliana Alves / Souza Santos / Mariana de Sá

FOTOS SATIRO SODRÉ

O QUE ACONTECE DE NOTÍCIA NO MUNDO DOS ESPORTES AQUÁTICOS VOCÊ LÊ PRIMEIRO AQUI - BLOG FRANCISSWIM Foram mais de 5.000.000 de VISUALIZAÇÕES no último ano


Francisswim Esportes Aquáticos é uma ferramenta única,   abrangente, multi-linguas, uma referência on-line para a comunidade aquática. Informação vistas nos últimos 12 meses no facebook (1.200.000), Google+ (3.700.000), blog (350.000). Clique no link e visite 



http://www.kickante.com.br/campanhas/blog-francisswim-esportes-aquaticos




































Nenhum comentário: