segunda-feira, 18 de abril de 2016

LEO DE DEUS TOP 5 E LARISSA BATE RECORDE DO CONTINENTE




A terceira etapa de finais no Troféu Maria Lenk foi mais curta, com apenas três provas, mas não menos intenso. Leonardo de Deus, do Corinthians, fez o quinto melhor tempo do mundo este ano nos 200m borboleta e Larissa Oliveira bateu o recorde sul-americano dos 200m livre fortalecendo o revezamento 4x200m livre feminino para os Jogos Olímpicos. A competição, que é válida como última seletiva para a seleção brasileira de natação, também é evento teste da modalidade e vai até quarta-feira, 20/04.
Leonardo de Deus e Kaio Márcio são os dois que ocuparão as raias pelo Brasil nos 200m borboleta. Leonardo havia conquistado lugar no Torneio Open. Na final do Maria Lenk ele fez a quinta melhor marca do mundo na temporada, 1m55s54, já entrando no primeiro pelotão da elite da prova que agora tem os japoneses Daya Seto (1m54s14) e Masato Sakai (1m54s21), o húngaro Lazlo Cseh (1m54s85) e o sul-africano Chad le Clos (1m55s04).
- Eu venho acompanhando os melhores do mundo. O Chad Le Clos acabou de fazer a seletiva dele pra 1m55s0, e ele nada pra 1m53s. Estamos na briga. Isto prova que estou no caminho certo. Até porque esta era uma competição em que não vinha 100%, após um Sul-Americano não tão bom. Por isso, descansei mais do que pretendia. Mas acabei melhorando meu índice olímpico aqui, e agora é descansar pois ainda tenho os 200m costas, na terça – disse Leo de Deus.  
Kaio entrou na lista nas eliminatórias deste domingo (1m56s40) e conseguiu melhorar à noite, com 1m56s21.
— Eu estava um pouco nervoso, mas consegui nadar bem melhor que de manhã. Cheguei bem perto de 1m55s e era o que eu queria fazer. Desde o ano passado eu não estava aguentando muito esta prova e já estou aguentando mais e agora é focar pra pegar uma final olímpica. Estou mais madura e mais confiante também. Saio daqui muito feliz. Na quarta-feira tenho ainda os 100m borboleta, que já tem dois atletas com índice, mas vamos ver o que dá pra fazer. Nas seletivas para os Jogos de Sydney eu fiquei a meio centésimo, ou seja, podia esta indo para a quinta Olimpíada. Agora ir para a quinta vai ficar meio difícil — brincou Kaio, que já está com 31 anos — Mas fico feliz por estar entre os poucos atletas que foram a quatro Olimpíadas. A gente abre mão de uma vida para representar o país — falou Kaio.
Larissa Oliveira, do Pinheiros, voou na piscina olímpica e derrubou o recorde sul-americano dos 200m livre, com 1m57s37. A marca substitui os 1m58s03 que Manuella Lyrio, também do Pinheiros, fez nos Jogos Pan-Americanos de Toronto, em julho do ano passado. Larissa agora tem o primeiro tempo da prova individual para a Olimpíada. A segunda é Manuella, com o tempo que fez no Torneio Open, 1m58s43.
— Não caiu a ficha ainda. Não estou acreditando. Amanhã quando for dormir eu vou entender o que está acontecendo comigo. A gente sempre vem pra cá com um objetivo muito grande. Meu técnico todo dia falava que estava me treinando para 1m57s, mas acreditar mesmo a gente só acredita quando faz — disse Larissa Oliveira.
As provas finais definiriam o time do revezamento 4x200m livre para os Jogos Olímpicos. Estão confirmadas Larissa Oliveira, Manuella Lyrio, Jessica Cavalheiro e Gabrielle Roncatto. As duas primeiras do Esporte Clube Pinheiros, a terceira do Minas Tênis Clube e a quarta da Unisanta.
Jessica e Gabrielle se emocionaram muito com a conquista. Jessica conseguiu diminuir seu tempo em todas as caídas na água nas duas seletivas. Na final da noite de domingo ela marcou 1m59s05.
— Eu treinei muito tempo pra chegar até aqui. Sonhei com isso desde criança. Esse revezamento com o 1m57s da Larissa deu um upgrade. Agora temos quatro nadadoras abaixo de 2m00s e isso é muito forte.Só deu confiança pra gente continuar treinando ainda mais forte pra pegar uma final, pra repetir o feito de 2004 das meninas e ser ainda melhor. A gente é uma equipe jovem. Cara... nós vamos pra Olimpíada! Preciso agradecer a todos, mas essa conquista vai pra duas pessoas. A primeira é o meu irmão, que está morando na China e só viria aqui pra me assistir, então eu tinha que pegar uma vaga, e pro meu psicólogo que faleceu em 2011. Ele dizia que nunca tinha treinado uma atleta que não fosse olímpica e eu era a exceção. Agora não sou mais — desabafou Jéssica.
O revezamento 4x200m livre feminino dos Jogos Olímpicos de Atenas 2004 foi finalista e terminou em sétimo lugar. Gabrielle, que entrou na equipe neste domingo, durante as eliminatórias, marcou na final 1m59s22, baixando muito o tempo feito pela manhã, 2m00s06.
— Estou muito feliz. É o máximo que eu podia esperar. Treinei muito e todo mundo sabe o que cada um passa pra chegar ao seu objetivo — conseguiu dizer Gabrielle antes de chorar de emoção.
Classificação dos clubes: O Pinheiros permanece na liderança do Maria Lenk 2016, agora com 938 pontos, após três etapas encerradas, configurando a metade da competição. Depois aparecem Corinthians, 395; Minas Tênis, 338; Sesi/SP, 301; Unisanta, 238; Flamengo, 178; e Grêmio Náutico União/RS, 166, como os clubes com mais de 100 pontos, até o momento.  
Resultados - 17/04/2016
200m livre F = 1 – Larissa Oliveira – Pinheiros – 1m57s37 (índice, recorde brasileiro e sul-americano) / 2 – Manuella Lyrio – Pinheiros – 1m58s62 (índice olímpico) / 3 – Jessica Cavalheiro – Sesi - 1m59s05
200m borboleta M = 1 – Leonardo de Deus – Corinthians – 1m55s54 (índice) / 2 – Kaio Márcio – Minas Tênis – 1m56s21 (índice) / 3 – Vinícius Lanza – Minas Tênis - 1m57s44
200m medley F= 1 – Joanna Maranhão – Pinheiros – 2m14s37 / 2 – Bárbora Závadová – Eslováquia – 2m15s01 / 3 – Virgínia Bardach – Argentina - 2m15s13
PROGRAMA DE PROVAS - MARIA LENK 2016
(Eliminatórias a partir das 9h30 e Finais às 17h30, com exceção do dia 20/4, que será às 17h)
4ª etapa - 2ª feira, 18/4 - 100m livre M / 200m borboleta F / 200m peito M
5ª etapa - 3ª feira, 19/4 - 100m livre F / 200m costas M / 200m peito F / 200m medley M
6ª etapa - 4ª feira, 20/4 - 50m livre M / 50m livre F / 100m borboleta M / 200m costas F / 1500m livre M / 800m livre F
ATLETAS COM ÍNDICE PARA RIO 2016 (índices entre parênteses) até as eliminatórias do 3º dia do Troféu Maria Lenk 2016 - * definidos para as Olimpíadas
1 - 50m livre M (22s27) = Bruno Fratus – 21s50 (Open) / Ítalo Duarte – 22s08 (Open) / Marcelo Chierighini – 22s17 (Daltely) / Matheus Santana – 22s17 (Open) / Henrique Martins – 22s25 (Open)
2 - 50m livre F (25s28) = Etiene Medeiros – 24s71 (Open) / Graciele Herrmann – 24s92 (Open)
3 - 100m livre M (48s99) = Nicolas Nilo Oliveira – 48s41 (Daltely) / Matheus Santana – 48s71 (Daltely) / Marcelo Chierighini – 48s72 (Open) / Alan Vitória – 48s96 (Daltely)
4 - 100m livre F (54s43) = Etiene Medeiros – 54s26 (Daltely)
5 - 200m livre M (1m47s97) = Nicolas Nilo Oliveira – 1m46s97 (Maria Lenk) * / João de Lucca – 1m47s65 (Maria Lenk) *
6 - 200m livre F (1m58s96) = Larissa Oliveira – 1m57s37 (Maria Lenk) * / Manuella Lyrio – 1m58s43 (Open) *
7 - 400m livre M (3m50s44) = Luiz Altamir Melo – 3m50s32 (Open) *
8 - 100m borboleta F (58s74) = Daiene Dias – 58s04 (Maria Lenk) * / Daynara de Paula – 58s38 (Maria Lenk) * / Etiene Medeiros – 58s49 (Maria Lenk)

9 - 100m borboleta M (52s36) = Henrique Martins – 52s14 (Open) / Marcos Macedo – 52s17 (Daltely) / Nicholas Santos – 52s31 (Daltely)
10 - 200m borboleta M (1m56s97) – Leonardo de Deus – 1m55s54 (Maria Lenk) * / Kaio Márcio – 1m56s21 (Maria Lenk) *
11 - 100m costas F (1m00s25) – Etiene Medeiros – 1m00s00 (Maria Lenk) *
12 - 100m costas M (54s36) = Guilherme Guido – 53s09 (Open) *
13 - 200m costas M (1m58s22) = Leonardo de Deus – 1m57s43 (Daltely)
14 - 100m peito M (1m00s57) = João Gomes Junior – 59s06 * (Maria Lenk) / Felipe França – 59s36 (Maria Lenk) * / Pedro Cardona – 59s77 (Maria Lenk)/ Felipe Lima – 1m00s06 (Maria Lenk) / Raphael Rodrigues – 1m00s48 (Maria Lenk)
15 - 200m peito M (2m11s66) = Thiago Simon – 2m11s29 (Open)
16 - 200m medley M (2m00s28) = Henrique Rodrigues – 1m58s26 (Daltely) / Thiago Pereira – 1m58s32 (Daltely)
17 - 200m medley F (2m14s26) = Joanna Maranhão – 2m14s04 (Open) *

18 - 400m medley F (4m43s46) = Joanna Maranhão – 4m38s66 (Maria Lenk) *
19 - 400m medley M (4m16s71) = Brandonn Almeida – 4m14s07 (Open) *
FONTE CBDA Eliana Alves / Souza Santos / Mariana de Sá

Fotos Satiro Sodré / SSPress / CBDA

O QUE ACONTECE DE NOTÍCIA NO MUNDO DOS ESPORTES AQUÁTICOS VOCÊ LÊ PRIMEIRO AQUI - BLOG FRANCISSWIM Foram mais de 5.000.000 de VISUALIZAÇÕES no último ano


Francisswim Esportes Aquáticos é uma ferramenta única,   abrangente, multi-linguas, uma referência on-line para a comunidade aquática. Informação vistas nos últimos 12 meses no facebook (1.200.000), Google+ (3.700.000), blog (350.000). Clique no link e visite 



http://www.kickante.com.br/campanhas/blog-francisswim-esportes-aquaticos




































Nenhum comentário: