domingo, 21 de dezembro de 2014

Fim de ano vitorioso para a natação brasileira


Rio de Janeiro/RJ – A natação encerrou com o Troneio Open o ano de 2014. A competição vencida pelo Pinheiros, com 403 pontos, contou com toda a seleção brasileira que voltou do Mundial em Piscina Curta de Doha, há duas semanas, com dez medalhas, sendo que sete de ouro. A competição foi válida como primeira seletiva para os Jogos Pan-Americanos de Toronto, no Canadá, e Mundial dos Esportes Aquáticos de Kazan, na Rússia, ambos em 2015; e quarta seletiva para o Mundial Junior de Cingapura.
Tudo será definido no Troféu Maria Lenk, na primeira semana de abril do ano que vem. Foram 18 atletas com índices para Kazan. O time do Pan será definido por índices, mas por avaliação de índices técnicos obtidos nas competições avaliatórias.
O Open, apesar do cansaço da maioria dos principais atletas, mostrou que 2015 tem tudo para dar sequência aos grandes resultados obtidos pela natação nacional nos últimos anos. Na última etapa de provas, com 24s74, Etiene Medeiros, do Sesi/SP, tirou do topo do continente a venezuelana Arlene Semeco e a brasileira Graciele Herrmann que eram as donas do recorde sul-americano, empatadas com 24s76. Arlene fez esta marca no Mundial de Roma, em 2009, e Graciele igualou no Troféu Maria Lenk deste ano.
– Terminar a competição com recorde sul-americano, é uma prova de ouro. Amanhã é ir prova olímpica. É uma prova que eu acho que tenho chance de construir. Terminando o ano com chave de ouro. Agora vou pra Recife descansar, ver minha família e comemorar pelo ano maravilhoso. A natação é a nossa profissão. Eu amadureci e isso conta muita. Minha postura mudou muito.
O tempo de Etiene melhora o índice que ela fez para o Mundial de Kazan e a segunda colocada, Graciele Herrmann, do Grêmio Náutico, também melhorou com 24s87.
Antes delas, Bruno Fratus caiu na água para também melhorar seu excelente tempo feito pela manhã. Ele fez 21s41, o melhor tempo de sua carreira.
– Foi bom! Eu queria ter nadado um pouco mais rápido que isso, mas não posso reclamar. Nadei pra 21s4 quatro vezes esse ano, no começo, no meio e no final. Estar nas primeiras posições do ranking mundial é mais uma questão de vaidade. Não é uma necessidade. O importante mesmo é ganhar as medalhas nas competições que importam. Agora sem férias vamos entrar de cabeça em 2015 para que seja melhor ainda – disse. Ítalo Duarte, do Minas Tênis, foi medalha de bronze nos 50m livre com 22s25 e é mais um com índice nesta prova. Cielo tem 21s60 e Nicholas Santos, prata nesta prova, com 22s17, tem tempo melhor, 22s15.
Leonardo de Deus, do Corinthians, conseguiu também seu índice para o Mundial em sua principal prova: os 200m borboleta. Ele venceu a prova com 1m56s93 e precisava de 1m56s97. Felipe França, também do Corinthians, vencedor dos 100m peito com 1m00s43, um centésimo abaixo do seu índice feito pela manhã (1m00s44), analisou sua participação na competição e também seu ano competitivo, que trouxe cinco medalhas de ouro no Mundial em Piscina Curta de Doha, tornando-o o maior campeão de toda a competição no Catar.
– Foi dado um passo importante para estar bem no Mundial de Kazan. Eu cheguei no Corinthians um pouco atrasado. Cheguei em fevereiro e tive que acelerar para alcançar o pessoal, mas deu tudo certo e a gente conseguiu fazer um bom planejamento para Doha, que era uma meta porque marcaria o meu retorno e a gente queria que fosse bom. Tenho que agradecer a Deus, pois deu tudo certo – disse.
A competição terminou com os bons resultados de Viviane Jungblut, do Grêmio Náutico União, que venceu os 1500m livre, com 16m49s26 superando o recorde de campeonato de Poliana Okimoto, do ano passado, com 16m53s06.
Giovanny Lima, do Sesi/SP, nos 200m borboleta, sexto colocado com 2m01s53, conseguiu índice para o Mundial Junior de Cingapura.
Índices superados para Mundial de Kazan 2015 (obs: somente poderão ir 2 atletas por prova de cada país)
20/12 – Sábado
50m livre F – Etiene Medeiros – 24s74/ Graciele Herrmann – 24s87
50m livre M – Bruno Fratus – 21s41 / Nicholas Santos – 22s15 / Walter Pereira Lessa – 22s17 / Ítalo Duarte – 22s25
100m peito M – Felipe França – 1m00s43
200m borboleta M – Leonardo de Deus – 1m56s93
19/12 – Sexta-feira
50m costas F – Etiene Medeiros – 27s37
200m peito M – Thiago Simon – 2m10s58
100m livre M – Bruno Fratus – 48s57
200m medley F – Joanna Maranhão – 2m13s40
200m medley M – Thiago Pereira – 1m57s23 / Henrique Rodrigues – 1m59s89
400m livre M – Leonardo de Deus – 3m50s37
200m peito M – Thiago Simon – 2m10s58
18/12 – Quinta-feira
50m livre M (abertura de revezamento) – Cesar Cielo Filho -21s60 / Bruno Fratus – 22s24 / Nicholas Santos -22s26
50m livre F – Lorrane Ferreira – 25s20
100m borboleta F – Daynara de Paula – 58s36 / Daiene Dias – 58s49
400m medley F – Joanna Maranhão – 4m41s00
100m borboleta M – Thiago Pereira – 52s27
17/12 – Quarta-feira
100m Costas M – Guilherme Guido – 53s73
50m Borboleta M – Cesar Cielo – 22s91 / Nicholas Santos – 23s01
50m Peito – João Gomes Jr. – 26s89 / Felipe França – 27s04
100m livre M  (abertura de revezamento) – Cesar Cielo – 48s58
Índices superados para Mundial Jr de Cingapura de 2015
20/12 – Sábado
200m borboleta M – Giovanny Lima – 2m01s53
19/12 – Sexta-feira
200m medley F – Gabrielle Roncatto – 2m17s05
18/12 – Quinta-feira
200m livre F – Gabrielle Roncatto – 2m02s16
400m medley M  – Brandonn Almeida – 4m21s39



PARA CURTIR CLICAR NO LINK 



E-MAIL: francisswim@gmail.com
FONE 555191415266
BLOG FRANCISSWIM  http://francisswim.blogspot.com.br/
WhatsApp 5197226748

Já conhece o comparador de preços feito especialmente para você, amante do esporte? Encontre tudo o que procura no http://finalshopping.com.br

Nenhum comentário: