sexta-feira, 5 de dezembro de 2014

Cesar leva a sétima medalha em mundiais de 25 metros e quer aumentar a coleção em Doha


Doha/Catar – Cesar Cielo subiu ao pódio nesta sexta-feira, 05/12, para ganhar sua sétima medalha em Campeonatos Mundiais em Piscina Curta: O bronze nos 50m livre. Ele fez 20s88 na disputa que teve com o francês Florent Manaudou, que conquistou ouro com recorde mundial (20s26) e com o italiano Marco Orsi, prata (20s69).
– Eu vim pra tentar meus melhores tempos, mas a prova não saiu como eu queria e o cinquentinha é cruel, qualquer erro custo caro. Saí errado do bloco e não deu o ouro. Esporte é isso mesmo. Tem dia que dá e outro que não. Ainda tenho os 100m (livre) e o revezamento 4x100m medley, vamos tentar aumentar isso aí!- falou, se referindo ao total de medalhas de sua coleção particular que agora somam sete pódios e também a do Brasil, que tem 26 medalhas na história da competição.
Henrique Rodrigues, vindo de uma lesão no ombro, foi o quarto colocado nos 200m medley (1m52s63) e, embora não tenha subido no pódio, vibrou com o resultado.
– Eu adorei a prova. Foi meu melhor tempo e passei pertinho da medalha mesmo depois da cirurgia que me tirou seis meses do treino e é isso que está fazendo falta. A ideia é focar o treinamento no fim de prova, que é o que vai dar essa diferença – explicou.
O japonês Hosuke Hagino (1m50s47) venceu com o segundo melhor tempo da história, perdendo apenas para o recorde mundial 1m49s63, que o americano Ryan Lochte superou no Mundial de Istambul, em 2012.
O revezamento 4x50m medley feminino superou o próprio recorde sul-americano das eliminatórias (1m47s20) com 1m46s47. Etiene Medeiros, Ana Carvalho, Daynara de Paula e Larissa Oliveira terminaram em quinto lugar na prova que foi vencida com recorde mundial pela Dinamarca (1m44s04). As brasileiras fizeram o quinto tempo empatado com as italianas.
Daynara de Paula nadou os 50m borboleta logo após o revezamento 4x50m medley e terminou em sétimo lugar (25s94). Ela piorou o tempo em relação à fase semifinal (25s54).
– Errei muita coisa! A saída saiu rasa, a virada não dei certo…estava bem, feliz. Hoje não foi o dia, mas o revezamento foi muito bom. Avançamos no tempo e também como equipe. Estamos crescendo – analisou.
Guilherme Guido tentou se superar, mas terminou a semifinal dos 50m costas em nono lugar (23s42), a uma posição da final. O venezuelano Albert Subirats, com 23s17, foi o segundo da prova batendo o recorde sul-americano de Guido por um centésimo (23s18). O francês Florent Manaudou entrará na final com primeiro tempo (22s97).
– Eu tentei, mas não estou treinando pra essa prova. Estou treinando para os 100m costas na piscina longa e sabia que ia perder em velocidade, mas ainda tem a chance de abrir o revezamento 4x100m medley bem e brigar por mais um pódio pro Brasil – explicou Guido.
A semifinal dos 50m borboleta deixou Nicholas Santos com o segundo tempo (22s48) para a decisão. Ele vai nadar na raia cinco, ao lado do vencedor das semifinais e eleito melhor nadador do ano pela FINA, o sul-africano Chad le Clos (22s20). Nicholas saiu das eliminatórias com a terceira marca (22s78) e disse que ainda tem o que “gastar”.
– Não forcei tanto e pude respirar ainda no final. Agora vou ter bastante tempo pra descansar até a final de amanhã. Que bom porque o dia de ontem (quinta-feira, 4/12) foi bem cansativo – disse Nicholas, ainda sentindo os efeitos das finais em que esteve em duas das três medalhas de ouro ganhas pelo Brasil.
Felipe França entrou na final dos 200m peito e  ficou com em 7º lugar (2m06s74). Ele também sentiu os efeitos da “ressaca” de três medalhas de ouro seguidas, sem contar que os 200m peito nunca foi sua principal prova. França ainda tem pela frente o desafio dos 50m peito, prova em que foi medalha de prata em piscina longa, em 2009, bronze em piscina curta em 2010 e onde historicamente tem ótimos resultados.
O revezamento 4x100m livre feminino fechou o dia e a equipe brasileira de Larissa Oliveira, Daynara de Paula, Daiane Becker e Alessandra Marchioro fez 3m33s93. As meninas bateram o recorde sul-americano da prova que superaram pela manhã (3m34s51).
– Com certeza estamos muito felizes. Temos certeza que lutamos muito para ajudar o país. Bater o recorde sul-americano duas vezes no mesmo dia é gratificante – disse Daiane Becker.
Cesar Cielo – Medalhas em Mundiais em Piscina Curta
Ouro
Dubai 2010 – 50m livre
Dubai 2010 – 100m livre
Doha 2014 – 4x50m medley
Prata
Indianapolis 2004 – 4x100m livre
Bronze
Dubai 2010 – 4x100m livre
Dubai 2010 – 4x100m medley
Doha 2014 – 50m livre
O Brasil termina o antepenúltimo dia de competição na 4ª colocação do quadro de medalhas, com quatro (3 ouros e 1 bronze). Na liderança, a Hungria, 8 (5-2-1), seguida por Espanha, 4 (4-0-0) e Holanda, 8 (3-1-4). No quinto lugar aparece o Japão, com 6 (2-1-3) e em sexto, a França, com 5 (2-1-2).
A seleção brasileira de natação disputará o Mundial de Doha com recursos dos Correios – Patrocinador Oficial dos Desportos Aquáticos Brasileiros, e ainda do Bradesco/Lei de Incentivo Fiscal, Lei Agnelo/Piva – Governo Federal – Ministério do Esporte, Speedo, Sadia e Universidade Estácio de Sá.
Finais – 5/12 – Terceira Etapa 
4x50m medley feminino – 1º Dinamarca – 1m44s04 (RM) / 2º EUA – 1m44s92 / 3º 1m45s89  / 5º Brasil (Etiene Medeiros, Ana Carla, Daynara de Paula e Larissa Oliveira) -= 1m46s47 (RS, RB). Etiene melhorou seu recorde brasileiro e sul-americano dos 50m costas, na abertura com 26s03.
50m costas Semi – 9º Guilherme Guido – 23s42 / 16º Henrique Martins – 23s93
50m borboleta masculino Semi – 2º Nicholas Santos – 22s48 / 15º Henrique Martins – 23s42
200m peito masculino – 1º Daniel Gyurta – Hungria – 2m01s49 / 2º  Marco Koch – Alemanha – 2m01s91 / 3º Kirill Prigoda – Rússia – 2m02s38  / 7º Felipe França Silva – Brasil – 2m06s74
50m borboleta feminino – 1ª Sara Sjostrom – Suécia – 24s58 (RC) / 2ª Jeanette Ottesen – Dinamarca –  24s71 / 3ª Inge Dekker – Holanda – 24s73  /  8ª Daynara de Paula – Brasil – 25s94
50m livre masculino – 1º Florent Manaudou – França – 20s26 / 2º Marco Orsi – Itália – 20s69  / 3º Cesar Cielo – Brasil – 20s88
200m medley masculino – 1º Kosuke Hagino – Japão – 1m50s47 / 2º Ryan Lochte – EUA – 1m51s31 / 3º Daiya Seto – Japão – 1m51s79 / 4º Henrique Rodrigues – Brasil – 1m52s63
4x100m livre feminino – 1º Holanda – 3m26s53 (RM) / 2º EUA – 3m27s70  /  3º  Itália  – 3m2948 / 7º  Brasil (Larissa Oliveira, Daynara de Paula, Daiane Becker, Alessandra Marchioro) – 3m33s93 (RS, RB)
Eliminatórias – 6/12 – Quarta Etapa – A partir das 4h30m, de Brasília (Sportv)
4x50m livre misto
50m costas – Etiene Medeiros
100m livre – Cesar Cielo e João de Lucca
50m livre – Etiene Medeiros e Larissa Oliveira
100m medley – Henrique Rodrigues e Thiago Simon
100m borboleta – Daynara de Paula e Daiene Dias
200m medley – Sem brasileiras
50m peito – Felipe França Silva e João Gomes Jr.
FOTO SATIRO SODRÉ




PARA CURTIR CLICAR NO LINK 



E-MAIL: francisswim@gmail.com
FONE 555191415266
BLOG FRANCISSWIM  http://francisswim.blogspot.com.br/
WhatsApp 5197226748

Já conhece o comparador de preços feito especialmente para você, amante do esporte? Encontre tudo o que procura no http://finalshopping.com.br

Nenhum comentário: