domingo, 22 de fevereiro de 2015

TUDO QUE VOCÊ QUERIA SABER SOBRE NATAÇÃO DE ÁGUAS ABERTAS POR ADEMIR PAULINO


A maioria dos nadadores que fazem provas de águas abertas como o triathlon,  aquathlon e travessias treinam em piscinas. Isso muitas vezes pode se tornar um problema, porque nadar em piscina é muito diferente que nadar no mar ou em uma represa. Treino muitos atletas de bom nível que não conseguem render no mar tão bem quanto fazem na piscina e o contrário também acontece, nadadores medianos na piscina que conseguem render melhor em águas abertas.
O que é importante para nadar em águas abertas? É necessário adaptar técnica?
Todas essas questões tentarei responder nesta matéria.

Na natação de águas abertas, existem alguns pontos que considero fundamentais e alguns podemos treinar na piscina. Uma diferença na técnica que deve ser adaptada é a respiração, que em águas abertas deve ser frontal. Durante os seus treinos na piscina sugiro que quando fizer os tiros faça ao menos uma respiração frontal a cada 25m. O fato de levantar a cabeça para respirar para ver o ponto de referencia ou a bóia faz com que a resistência frontal seja maior e com isso o desgaste também cresce, portanto quanto menos você precisar olhar pra frente em uma prova, melhor.

1. Navegação: É a capacidade de se orientar em águas abertas, este é um ponto principal para conseguir fazer boa natação. O que muitas vezes atrapalha a navegação é a dificuldade que os atletas têm de nadar em grupo. Procure achar o seu espaço e se preocupe apenas em nadar na direção que você traçou e, se possível, não pare de nadar.
Sugestões: antes da largada procure observar o percurso da prova e, se possível, ache pontos de referência com fácil visualização, ex: alguma montanha, uma árvore alta, algo que, quando estiver nadando, e fizer a respiração frontal, possa ver com mais facilidade. Faça um aquecimento no local da prova e procure observar se as bóias estão alinhadas, traçando assim o seu trajeto ideal.

Durante a largada: Posicione-se de maneira que facilite a sua rota. Corra para o mar observando as bóias ou o ponto de referência antes de começar a nadar. Isso é fundamental para se posicionar porque a visão muda totalmente quando se está nadando.

Durante a prova: Confie em sua navegação. Muitas vezes o grupo dos primeiros nadadores erram e todos os outros que vêm atrás acabam cometendo o mesmo erro de navegação. Mesmo que existam muitas pessoas ao seu redor procure se concentrar em nadar e, de maneira nenhuma, empurre ou puxe os atletas ao seu lado mesmo que eles façam isso. Os choques podem acontecer, mas se todos estiverem pensando apenas em nadar, por mais apertado que esteja, ninguém se prejudica. O que acontece muitas vezes é os nadadores não estarem acostumados a nadar em grupo e acabarem puxando o pé do outro ou empurrando, o que prejudica ambos porque a adrenalina aumenta, junto com a Freqüência Cardíaca.

Saída da água: Nadar até que um dos braços raspe as mãos no chão. A maioria dos atletas levantam antes e isso causa mais desgaste, além de ser mais lento. No mar, se houver ondulação, é válido se aproveitar disso para pegar um “jacaré”.

Esteira: Assim como acontece no ciclismo, onde os atletas formam um grande pelotão afim de se beneficiar do vácuo, na natação a situação é semelhante. Nadar atrás de outro atleta, na esteira (tem que ser próximo dos pés), ajuda bastante por dois motivos: as moléculas da água estão quebradas e se forma atrás uma espécie de esteira, o que facilita para quem está nesta posição.
Nos treinos da piscina você pode treinar como se estivesse nadando em águas abertas, nunca se esquecer de sempre estar fazendo a respiração frontal. Outro treino que acho importante é dividir a raia com muitos atletas, a fim de treinar a atenção e aquela sensação de estar em grupo.
Faço com meu grupo de Triathletas uma vez a cada quinze dias, um treino que tiro todas as raias da piscina improviso três bóias e nadamos como se estivéssemos no mar treinando virada de bóia respiração frontal e as ultrapassagens, uma adaptação para não precisar ir até a praia.

Bons Treinos!
Ademir Paulino é formado em Educação Física, pós-graduado em esportes aquáticos e fisiologia do exercício. É professor da Cia Athletica desde 2001 - ministra treinos de natação como técnico oficial da Unidade Morumbi.


O QUE ACONTECE DE NOTÍCIA NO MUNDO DOS ESPORTES AQUÁTICOS VOCÊ LÊ PRIMEIRO AQUI - BLOG FRANCISSWIM 320.000 VISUALIZAÇÕES / MÊS NA WEB















Nenhum comentário: