domingo, 8 de fevereiro de 2015

DOBRADINHA ITALIANA DOS 10 KM EM ÁGUAS ARGENTINAS


POR ALEX PUSSIELDI
A Itália foi a grande vencedora da etapa de abertura da Copa do Mundo de Águas Abertas nesta tarde de sábado em Viedma na Argentina. Os italianos venceram a prova masculina com Simone Ruffini e o no feminino com Rachelle Bruni.
O Brasil inicou a temporada com duas medalhas, Allan do Carmo e Diogo Villarinho que chegaram em segundo e terceiro lugares numa prova bem disputada desde o princípio.
A prova de Patagones-Viedma no Rio Negro foi disputada pelo oitavo ano, o quinto que faz parte do Circuito da Copa do Mundo e teve participação recorde de nadadores (91) e países (20). Além disso, o Campeonato Sul-Americano de Águas Abertas foi disputado em conjunto e apontou os sete classificados de cada sexo para a prova de maratonas aquáticas dos Jogos Pan Americanos.

O Brasil conseguiu três das quatro vagas possíveis para o Pan com os resultados de Allan e Diogo no masculino e mais Carolina Bilich no feminino. Vai ser a primeira vez, desde que as águas abertas são disputadas nos Jogos Pan Americanos, que o Brasil não vai ter quatro atletas participando.
Na prova masculina, Diogo Villarinho foi o primeiro a tomar a liderança, mas logo em seguida foi ultrapassado pelo equatoriano Esteban Enderica que seguido do russo Daniel Serebrennikov e Vitaly Khudyakov do Cazaquistão. Villarinho voltou a tomar a frente e na segunda volta o argentino Guillermo Bertola se aproximou do pelotão dianteiro. Ele chegou a liderar a prova por meia volta.
Diogo Villarinho passou na frente para a última volta, agora atacado por dois italianos e Allan do Carmo. Simone Ruffini tomou a frente e fechando forte venceu a prova na primeira vitória italiana em Viedma. Allan do Carmo chegou em segundo lugar e Diogo Villarinho completou o pódio.
Na prova feminina, a italiana Rachelle Bruni também fez uma prova similar ao seu compatriota campeão do masculino. Nadou sempre no pelotão da frente, mas atacou mesmo no final de prova.
Venceu completando o dia positivo da Itália com Kristel Kobrich do Chile chegando em segundo lugar e Cecilia Biagioli da Argentina em terceiro. Foi a primeira vez, desde que a prova entrou para o Circuito da FINA que um argentino subiu ao pódio.
História dos vencedores de Viedma na Copa do Mundo da FINA;
Feminino
2010 – Angela Maurer da Alemanha
2012 – Eva Fabian dos Estados Unidos
2013 – Emily Brunemann dos Estados Unidos
2014 – Poliana Okimoto do Brasil
2015 – Rachelle Bruni da Itália
Masculino
2010 – Francis Crippen dos Estados Unidos
2012 – Spyridon Gianiottis da Grécia
2013 – Romain Beraud da França
2014 – Thomas Allen da Grã-Bretanha
2015 – Simone Ruffini da Itália
Calendário da Copa do Mundo de Águas Abertas 2015:
13 de março – Abu Dhabi, Emirados Árabes Unidos
11 de abril – Noumea, França
2 de maio – Cancún, México
20 de junho – Balatonfured, Hungria
27 de junho – Setúbal, Portugal
23 de julho – Lac St. Jean, Canadá
30 de julho – Lac Magog, Canadá
8 de agosto – Lac Megantic, Canadá
12 de outubro – Chun’an, China
17 de outubro – Hong Kong
SOBRE O AUTOR DO TEXTO
ALEX PUSSIELDI
Alexandre Pussieldi é o fundador e editor-chefe da Best Swimming, jornalista formado em Porto Alegre, viveu 16 anos nos Estados Unidos como técnico de natação, dono de clube e empresário. Altamente especializado em natação, também trabalha como comentarista no canal SporTV.





O QUE ACONTECE DE NOTÍCIA NO MUNDO DOS ESPORTES AQUÁTICOS VOCÊ LÊ PRIMEIRO AQUI - BLOG FRANCISSWIM 320.000 VISUALIZAÇÕES / MÊS NA WEB














Nenhum comentário: