sábado, 22 de abril de 2017

NATAÇÃO PARALÍMPICA DO GNU NO OPEN INTERNACIONAL DE NATAÇÃO


Susana Schnarndorf e Maurício Scota, da natação paralímpica do Grêmio Náutico União, caíram na água nesta sexta-feira nas eliminatórias do Open Internacional Loterias Caixa de Atletismo e Natação, evento organizado pelo Comitê Paralímpico Brasileiro em São Paulo. As provas acontecem entre os dias 21 e 23 de abril. Susana obteve a classificação para a final B da prova 100m Peito que ocorre neste sábado a partir das 09 horas da manhã. O Open Internacional Loterias Caixa de Atletismo e Natação 2017 terá novos formatos de disputa. As duas modalidades terão desafios multiclasses. Veja a seguir um guia para entender as disputas.
Como será a natação
Provas da sexta à tarde e sábado à tarde
Cada prova terá raias com atletas de várias classes, e os três melhores tempos de cada classe são premiados. Ex: atletas da S4 só disputarão o pódio em tempo contra os S4, embora possam cair na água na mesma batéria com competidores da S3 ou S5.
Sábado de manhã e domingo de manhã - Superfinais
Levando em consideração o ITC (índice técnico da competição) do atleta na tarde anterior, são montados dois balizamentos: final A, chamada de Superfinal, que define do 1º ao 8º no geral, e final B, que define do 9º ao 16º (sem premiação na final B).
Na Superfinal, o nadador que bater na borda primeiro não é, necessariamente, o vencedor. Será levado em conta o ITC, que é o resultado de um cálculo que leva em consideração a media dos melhores tempos das últimas cinco temporadas em competições internacionais. O nadador pode, por exemplo, ser o terceiro a bater na borda, mas ter o melhor ITC e ser o campeão daquela Superfinal.
Este sistema já é largamente utilizado em diversas competições internacionais do IPC (Comitê Paralímpico Internacional, na sigla em inglês).

Fonte e fotos Imprensa GNU


Nenhum comentário: