segunda-feira, 10 de abril de 2017

Henrique Martins faz ótimo tempo, e Miguel Valente vence desafio no Torneio Metropolitano de Natação em Minas



O II Torneio de Metropolitano de Natação terminou neste sábado, no Parque Aquático CVC, no Minas I, e foi ótimo para os nadadores do Minas, que se preparam para a disputa do Troféu Maria Lenk, entre os dias 2 e 6 de maio, no Rio de Janeiro. A atração principal deste último dia de competição ficou por conta do tão aguardado Desafio dos 1.500m livre, entre os nadadores Miguel Valente, Diogo Villarinho e Lucas Kanieski. A disputa animou os torcedores presentes, que vibraram com a vitória de Miguel. Entre as mulheres, Renata Sander superou seu tempo nos 50m peito. Outro grande destaque, Henrique Martins fez o terceiro melhor tempo do mundo, em 2017, nos 100m borboleta.



FOTO Miguel Valente comemora vitória no Desafio dos 1.500m livre (Foto: Orlando Bento / Minas Tênis Clube)

Os vários torcedores presentes nas arquibancadas do Parque Aquático CVC deram um show fora da piscina. Ao término da acirrada disputa, os nadadores agradeceram ao público. “A adrenalina de nadar essa prova com vocês foi muito legal. Algo que não senti nos últimos nos Torneios Metropolitanos que disputei. A tendência é só melhor para as próximas edições. Estou muito feliz com meu tempo, foi o segundo melhor da minha vida nesta prova. Parabéns a todos vocês pela torcida e obrigado pelo apoio”, disse Diogo Villarinho, que completou a prova em 15m34s27, seis segundos abaixo do tempo anterior.

Já Miguel Valente destacou a união da equipe e disse que a disputa serviu de incentivo para melhorar os tempos. “Aqui, ninguém perdeu. Todos ganhamos, pois conseguimos baixar nossos próprios tempos. Foi uma brincadeira sadia, e espero que esse exemplo seja seguido por outros clubes do Brasil e de fora. Acredito que este tenha sido o melhor Metropolitano de nossas vidas. Nosso técnico, Sergio Marques, tem trazido uma energia nova e feito boas mudanças, que nos incentivam muito. Gostei muito de minha marca nesta prova, consegui diminuir quase um minuto em relação ao primeiro Metropolitano, quando ainda me recuperava de uma amigdalite grave. Agora, é treinar forte, evoluir mais e fazer ainda melhor no Maria Lenk”, comentou Miguel Valente, que completou a prova em 15m27s56. Lucas Kanieski, que terminou o desafio em segundo lugar, nadou a prova em 15m30s63.

Renata Sander conseguiu diminuir seu tempo de balizamento, de 31s90. Neste sábado, a minastenista nadou a prova em 31s71. “Fiz uma competição muito boa, mas ainda não estou pronta, no ideal. Faltam três semanas para o Maria Lenk, e muitas coisas vão acontecer até lá. Tenho muitos ajustes a fazer. Estou muito animada e acredito que, até a competição, estarei melhor”, projetou a atleta.

O público também aplaudiu o jovem Henrique Martins, que fez o terceiro melhor tempo do mundo em 2017, nos 100m borboleta. O atleta olímpico do Minas nadou a prova em 52s23. “Fiquei surpreso e feliz com a marca. Nossa equipe está muito bem preparada para o Maria Lenk, e espero fazer ainda melhor. Hoje, estava preparado para nadar na casa dos 51 segundos, que é meu objetivo. Me senti muito bem na prova e encaixei bem o nado, com boa eficiência. Fiquei feliz por nadar abaixo do que foi o índice olímpico, mas espero diminuir ainda mais no Maria Lenk”, comentou Henrique.



FOTO Henrique Martins fez o terceiro melhor tempo do mundo nos 100m borboleta (Foto: Orlando Bento / Minas Tênis Clube)

O técnico principal da equipe do Minas, Sérgio Marques, disse que o time evoluiu bastante ao se comparar com o I Torneio Metropolitano. Para ele, o time minastenista tem tudo para fazer bonito no Maria Lenk. “A ideia era fazer uma projeção da equipe, e essa segunda edição serviu de termômetro para nos mostrar como devemos comportar nessas próximas três semanas. O time está muito bem, tivemos uma evolução grande de nadadores que superaram as marcas e de outros que estão bem perto do ideal. Tudo isso é empolgante, e a tendência é que teremos bons resultados no Rio de Janeiro”, analisou o treinador minastenista.

Os torcedores e atletas das categorias de base do Minas também tiveram a oportunidade de interagir com os atletas olímpicos e de ponta do Minas. O trio do deafio, Miguel Valente, Lucas Kanieski e Diogo Villarinho, participou de uma sessão de autógrafos ao público.

Veja os melhores tempos deste sábado

- 1.500m livre F – Maria Eduarda Seifer – 18m12s51
- 1.500m livre M – Miguel Valente – 15m27s56
- 50m peito F – Renata Sander – 31s71
- 50m peito M – Yuri Querino – 28s91
- 200m costas F – Mariana Soares – 2m34s13
- 200m costas M – Nathan Bighetti – 2m03s05
- 100m borboleta F – Camila Campos – 1m02s87
- 100m borboleta M – Henrique Martins – 52s23
- 200m medley F – Lorrane Ferreira – 2m25s50
- 200m medley M – Evandro Vinícius Silva – 2m06s77
- 200m livre F – Camila Lins Mello – 2m02s14
- 200m livre M – Giuliano Rocco - 1m49s73

Fonte e Fotos: Orlando Bento / Minas Tênis Clube







Publicado por Francismar Siviero



O QUE ACONTECE DE NOTÍCIA NO MUNDO DOS ESPORTES AQUÁTICOS VOCÊ LÊ PRIMEIRO AQUI - BLOG FRANCISSWIM Foram mais de 35.000.000 de VISUALIZAÇÕES no último ano


Francisswim Esportes Aquáticos é uma ferramenta única,   abrangente, multi-linguas, uma referência on-line para a comunidade aquática. Informação vistas nos últimos 12 meses no facebook (24.397.084), Google+ (5.144.802), blog (401.672). Clique no link e visite 




http://www.kickante.com.br/campanhas/blog-francisswim-esportes-aquaticos




































Nenhum comentário: