domingo, 14 de agosto de 2016

PORTUGAL UM PASSEIO IMPERDÍVEL


LISBOA
Musei Calouste Gulbenkian
Importante museu de Lisboa, o Calouste Gulbenkian tem uma coleção composta por cerca de 6 mil peças com Arte Oriental, Clássica e Europeia. O museu, considerado como um dos melhores pequenos museus do planeta, expõe 1 mil peças de maneira permanente e inova regularmente com exposições temporárias e obras em destaque.
Foto: Sheila Thompson/Flickr
0,8 KM SUL 4 MIN
Av. de Berna 45A, 1067-001 Lisboa, Portugal



Corte Inglés
Tradicional loja de departamentos espanhola, El Corte Inglés também está presente em Lisboa, num dos melhores lugares da cidade para quem gosta de fazer compras. Situada na Avenida Augusto de Aguiar, a El Corte Inglés tem numerosas marcas de roupas e acessórios, além de eletrônicos, perfumaria, decoração, esporte e cultura. Desde sua inauguração, em 2001, a loja se transformou num dos pontos mais destacados para fazer compras na capital portuguesa.
Foto: Ceiling/Flickr
1,3 KM SUL 5MIN
Av. António Augusto de Aguiar 31, 1069-413 Lisboa, Portugal


Bairro Alto
Antigo bairro do centro de Lisboa, o Bairro Alto reúne belezas arquitetônicas típicas de Lisboa, com a diversão de um verdadeiro reduto de juventude da capital. Após o pôr do sol, o Bairro Alto e seus numerosos bares servem como ponto de encontro para amigos que se juntam para beber alguns drinques antes de continuar a noite em alguma balada.
4,3 KM SUL 10MIN


Museu Nacional do Azulejo
Situado dentro do Convento da Madre de Deus, num belo edifício do século 16, o Museu Nacional do Azulejo é um dos museus mais importantes de Portugal. O museu de Lisboa conta a história da arte dos azulejos nos últimos cinco séculos com um importante acervo.
Foto: Karen V. Bryan/Flickr
5,2 KM SUL 11 MIN


Pastéis de Belém
Também conhecidos no Brasil como Pastéis de Nata, os Pastéis de Belém são uma das maiores delícias culinárias de Portugal. Com uma massa folhada crocante e um recheio saboroso à base de ovo, o doce encanta os paladares dos turistas em diversos endereços de Lisboa, como a tradicional Casa Pastéis de Belém, na Rua Belém 84.
Foto: José Manuel/Turismo de Portugal
8,8 KM SUL 15MIN


Mosteiro dos Jerônimos
Construção do século 16 localizada em Belém, na entrada do rio Tejo, o Mosteiro dos Jerônimos é um dos mais belos exemplos arquitetônicos da riqueza de Portugal na época dos descobrimentos. Inscrito no Patrimônio Mundial da UNESCO, o Mosteiro é um importante cartão-postal do país.
9,4 KM SUL 16 MIN
Foto: Getty Images


Igreja de São Roque
Mosteiro de São Vicente
Basilica de Santa Engracia

Torre de Belém
Patrimônio Mundial da UNESCO, a Torre de Belém é um dos principais cartões-postais de Lisboa. Situada na margem direita do Rio Tejo, a Torre foi erguida entre 1514 e 1520 e funcionava como farol, hoje desativado.
Foto: Jose Manuel/Turismo Portugal
13,2KM SUL 15MIN


Monumento aos Descobrimentos
Com 52 metros de altura frente ao Rio Tejo, o Monumento aos Descobrimentos foi realizado na década de 60 como homenagem a aqueles que participaram na época dos descobrimentos de novas terras para a coroa portuguesa, que incluiu a chegada ao Brasil. Com forma de caravela, o monumento representa diferentes heróis portugueses, num belo cartão-postal que oferece uma linda vista sobre Lisboa.
Foto: Getty Images
14,3KM SUL 18MIN
Av. Brasília, 1400-038 Lisboa, Portugal


Oceanário de Lisboa
Inaugurado em 1998 no Parque das Nações, o Oceanário de Lisboa é hoje um dos mais importantes do planeta. Dividido em quatro partes, o Oceanário abriga animais marinhos dos principais oceanos do planeta e tem como principal atração seu tanque central, representando a vida no oceano aberto.
Foto: Antonio Sachetti/Turismo Portugal
7,0 KM LESTE 10MIN
Esplanada Dom Carlos I s/nº, 1990-005 Lisboa, Portugal


Teleférico de Lisboa
Ideal para um passeio num dia ensolarado, o Teleférico de Lisboa efetua um trajeto de cerca de 1 km por cima do rio Tejo, a uma altura de 20 metros. Além da diversão de uma viagem diferente, o passeio também proporciona um visual único desde cima sobre o Tejo e o Parque das Nações.
Foto: Getty Images
8,9KM LESTE 13 MIN
Avenida Marech. Gomes Da Costa Nr. 37, Lisboa, 1800, Portugal


Estádio da Luz
Moderno estádio do Benfica, localizado no coração de Lisboa, o Estádio da Luz é o maior símbolo do futebol na capital portuguesa. Com capacidade para mais de 65 mil espectadores, o estádio é o lugar indicado para os amantes de futebol europeu, que conferem uma exposição sobre o Benfica e seus troféus, o gramado e as instalações.
Foto: Steve Gardner/Flickr
4,7 KM OESTE 9 MIN
Av. General Norton de Matos, 1500-313 Lisboa, Portugal


Bairro Chiado
Situado entre o Bairro Alto e a Baixa Pombalina, o Chiado é um dos bairros mais emblemáticos e tradicionais de Lisboa. Reconstruído durante a década de 90, renasceu como ponto badalado com lojas, restaurantes, bares e discotecas.
Foto: Jose Manuel/Turismo de Portugal
5,0KM SUL 10 MIN


Bondinho em Lisboa
Chamados de “eléctricos” pelos habitantes de Lisboa, os tradicionais bondinhos que circulam pela cidade são, mais do que um simples transporte público, verdadeiros símbolos da capital portuguesa. Usar estes bondinhos como meio de transporte pela cidade permite se locomover de maneira divertida, original e econômica.
Foto: Jose Manuel/Turismo de Portugal

Viaje num dos maiores ícones de Lisboa e prepare-se para um percurso cheio de espanto e emoções.

O 28 é a grande estrela sobre carris de Lisboa. Os pequenos e fotogénicos elétricos amarelos pedem para ser fotografados no seu percurso pelos bairros históricos e residenciais mais bonitos da cidade. Abrir as janelas e deixar desfilar os prédios cobertos de azulejos, espreitar as subidas íngremes e ficar impressionado com o trajeto serpenteante entre colinas, miradouros e praças de cortar a respiração é uma das coisas que tem mesmo de fazer na cidade. O 28 desloca-se entre a Graça e os Prazeres, num percurso que percorre estreitos bairros históricos, encontra palácios, visita a Sé, atravessa a Baixa, sobe o Chiado e a Estrela e termina em Campo de Ourique. O som reconfortante das suas campainhas garante que, mesmo que se apeie para conhecer todas as atrações do caminho, o 28 vai voltar sempre a passar para o levar de volta. Para viver este momento único em Lisboa, só tem de apanhar o elétrico.




Castelo de São Jorge
Construído no século 11, o Castelo de São Jorge destaca-se na paisagem de Lisboa com suas numerosas torres e muralhas, num incrível conjunto de edificações. Os turistas que fazem a visita ao castelo deparam-se com uma imponente arquitetura, um museu arqueológico e uma das vistas panorâmicas de Lisboa mais estonteantes, devido à localização privilegiada.
Foto: Getty Images
R. de Santa Cruz do Castelo, 1100-129 Lisboa, Portugal


Café a Brasileira
Situado no bairro do Chiado, o Café a Brasileira é um dos cafés mais famosos e antigos de Lisboa. Inaugurado em 1905, o local vendia o autêntico café trazido do Brasil e é hoje um ponto imperdível de roteiros turísticos de Lisboa.
Foto: Getty Images
R. Garrett 120, 1200-204 Lisboa, Portugal


Abadia de Batalha
Obra-prima da arquitetura gótica, a Abadia de Batalha foi construída a partir de 1388 sob ordens do Rei João I. Exteriores e interiores deixam os visitantes de queixo caído, com muitos detalhes e um conjunto impressionante próximo de Lisboa.
Foto: Getty Images
Largo Infante Dom Henrique, 2440 Batalha, Portugal


Elevador Da Glória
Poupe o fôlego na subida mas deixe-se deslumbrar neste elevador. É a melhor maneira de subir da Baixa para o Bairro Alto para chegar ao topo sem precisar de descansar.

O Elevador da Glória é um dos três elevadores em Lisboa que tem mesmo de apanhar. Protagonista da música de uma das bandas mais vanguardistas de Lisboa nos anos 80, o Elevador da Glória liga a Baixa ao Bairro Alto, ou mais concretamente, a Praça dos Restauradores ao Miradouro de São Pedro de Alcântara. Este funicular permite transformar uma subida íngreme num momento romântico e foi inaugurado em 1885, o segundo do género a aparecer na cidade. Apesar de só ter passado a ser movido a eletricidade em 1915, hoje em dia mantém as suas caraterísticas iniciais. Foi recentemente recuperada a corrida em contra-relógio de bicicleta que se chama, precisamente, Subida à Glória, aberta a amadores e profissionais. Mas é melhor aproveitar o conforto dos bancos e os solavancos da subida para descansar um pouco antes de perder a respiração com a vista que encontra no Miradouro. Marque no seu mapa e saia à descoberta.


ONDE COMPRAR EM LISBOA
Se preferir fazer todas as suas compras no mesmo local e encontrar quase todas as marcas nacionais e internacionais num único sítio, os shopping centers de Lisboa são a sua melhor aposta. Com caraterísticas, públicos e ambientes completamente diferentes, veja aqui qual o sítio mais indicado para passar algumas horas tranquilamente a comprar. Quer prefira o ambiente sofisticado das Amoreiras ou o ecletismo dos Armazéns do Chiado; quer adore o ambiente monumental do Colombo ou prefira o original Vasco da Gama; de certeza que vai encontrar o que precisa aqui.
O outlet é outra opção: aqui encontra excelentes negócios e óptimos descontos, principalmente se estiver em busca de artigos de colecções passadas ou de clássicos intemporais. Conheça este espaço de Lisboa e descubra a melhor qualidade ao melhor preço, a poucos minutos da cidade.

Zonas de Compras
Fazer compras em Lisboa é uma forma original de descobrir a cidade. Com áreas completamente distintas relativamente perto umas das outras, pode mudar de ambiente, de lojas e, por vezes, de século, quase sem dar por isso.
A Baixa Pombalina é a zona tradicional de compras por excelência. Com lojas tão antigas que já viram passar 3 séculos, até os nomes das ruas denotam as antigas Atividades comerciais que aqui se praticavam. Rua dos Bacalhoeiros, Rua dos Fanqueiros, Rua do Ouro, Rua da Prata, Rua dos Correeiros são só alguns exemplos da toponímia original. Aqui vai encontrar presentes tradicionais para toda a família.
Um pouco mais acima, o Chiado é a zona nobre onde a moda e a arte se encontram, entre galerias e lojas mais vanguardistas e ateliers clássicos dos melhores criadores portugueses. Se continuar a subir, chega ao Príncipe Real, a nova zona de compras em Lisboa, cheia de pequenas marcas inovadoras e projectos artesanais e gourmet.
Finalmente, se quiser fazer compras em grande e encontrar as melhores marcas internacionais, vá até à Avenida da Liberdade e prepare-se para percorrer mais de 2,5 km sem dar por isso, à sombra das acácias e palmeiras e ao sabor da geometria da calçada portuguesa. Luxuosa, sofisticada e elegante, aqui descobre uma outra Lisboa.

Mercados & Feiras
As Feiras de Lisboa têm ambientes, vendedores e compradores completamente distintos entre si. De feiras de artesanato tradicional às mais recentes criações de artesanato urbano; de feiras de objetos vintage a mercados biológicos certificados, há uma feira ou um mercado em Lisboa para todos os gostos. A mais conhecida é a Feira da Ladra, que guarda recordações ao longo dos tempos sobre tudo o que já passou. Existem também inúmeros pequenos mercados, como a Feira das Almas ou o mercado da LX Factory, com uma clara vertente urbana, que vai adorar conhecer.
Não deixe ainda de visitar os mercados biológicos da cidade, onde encontra os melhores produtos, de origem certificada e até, por vezes, demarcada, com os sabores mais originais.

Compras em Lisboa
Melhores lugares para fazer compras em Lisboa
Conheça os melhores lugares para se fazer compras em Lisboa. A capital de Portugal é um dos destinos mais procurados pelos brasileiros na Europa, não somente pela língua, mas, também, pelas inúmeras belezas naturais e históricas que Lisboa reserva aos milhões de turistas que a visitam todos os anos. Lisboa é também uma cidade super agradável para se ir às compras, já que Portugal é um dos países mais baratos da Europa. São dezenas de lojas famosas para se conhecer e adquirir produtos com muita qualidade. Centro Vasco da Gama.



Outlet Freeport
O primeiro lugar para quem quer fazer compras em Lisboa e Portugal é o Outlet Freeport.São  mais de 140 lojas e fica a 30 minutos do centro de Lisboa. Ele é considerado o maior outlet multimarcas da Europa. Entre as lojas mais famosas estão a Puma, Levi’s, Swatch, Benetton, Reebok, Lacoste, Hugo Boss, Versace, Adidas, Calvin Klein, Burberry, Diesel, Dolce & Gabanna, Carolina Herrera, Billabong, Samsonite entre muitas outras. Possui também uma ótima praça de alimentação, e conta ainda com cinemas e área de recreação infantil, assim você pode deixar a criançada brincando enquanto vai às compras. Sem dúvida é um lugar completo e com bons preços para quem quer fazer compras em Lisboa.



Shoppings em Lisboa
Um dos mais movimentados shoppings Centers de Lisboa é o Amoreiras Shopping Center, no coração da capital portuguesa. O Amoreiras é um centro comercial muito grande, contando com cerca de 345 lojas em 2 andares de grifes como a brasileira Arezzo, a espanhola Mango e outros estabelecimentos como Lacoste, Levis, Zara, Swatch, Bershka, Guess, Crocs, Pull & Bear, Fnac, Accessorize, Vista Alegre, C&A, Dreamworld, Dunhill, Furla, Hugo Boss, Teresa Alecrim, Timberland, Benetton, Imaginarium, Bang & Olufsen, Boticário e muito mais.


Artigos esportivos
A primeira dica de lojas para se fazer compras em Lisboa é a Decathlon Sport. A rede francesa Decathlon Sport abriu sua primeira loja em 2000, em Sintra, na região metropolitana de Lisboa. E desde sua instalação no país, vem sendo uma febre entre moradores e turistas com seus produtos esportivos dos mais variados: futebol, ciclismo, basquete, surfe e outros. Na Decathlon Sport você encontra diferentes itens como camisetas, bermudas, tênis, calças e muitas mais marcas como Asics, Adidas, Nike, etc. O bacana desta rede é que ela é super completa e conta com excelentes preços.


  
Lojas de Grife
Para quem quer fazer compras em Lisboa naquelas lojas especializadas em moda feminina e masculina, a dica é conferir a Fashion Clinic. A Fashion Clinic conta com dois endereços em Lisboa: uma somente para mulheres (Avenida da Liberdade, Tivoli Fórum loja 5, 1250-146, Lisboa) e outra voltada ao público masculino (Avenida da Liberdade, 192-A, 1250-146, Lisboa). Fundada em 1990, a rede é uma febre em Portugal e possui lojas espalhadas por diversas cidades, como Porto, por exemplo. Na Fashion Clinic você encontra roupas, sapatos e acessórios de marcas como Prada, Miu Miu, Tom Ford, Zuhair Murad, Dolce & Gabbana, Givenchy, Jimmy Choo, Kenzo, Dior e muito mais. É uma loja bem cara se comparada com as demais lojas mais comuns de Portugal.


H&M
Fundada na Suécia, a H&M está presente em diversos países e em Lisboa, é uma das lojas mais legais para se fazer compras por preços muito acessíveis. A H&M costuma ter produtos de coleções limitadas que são super disputados pelos clientes - então, para quem estiver afim e der a sorte de estar em Lisboa quando eles anunciam a venda destas coleções, não deixe de aproveitar e outra, sempre há uma boa variedade de produtos de coleções de grandes estilistas europeus a preços super justos. São dois endereços em Lisboa, um na Rua Augusta e outra na Rua Carmo, ambas na região do Chiado e bem próximas das linhas do metrô.



Stivali Stockshop
A última dica de lojas onde se fazer compras em Lisboa é a maravilhosa Stivali Stockshop. Localizada a poucos metros do Parque Edurdo VII e da Paça do Marquês de Pompal, a Stivali Stockshop é uma daquelas lojas que você deve conhecer em Lisboa, pelo simples motivo de ser uma das lojas mais chiques e bacanas da capital portuguesa. Nela você encontra produtos dos mais variados de marcas como Chanel, Dior, Jimmy Choo, Dolce & Gabbana, Prada, Givenchy, Gucci, Roberto Cavalli, Balenciaga, Valentino, Marc Jacobs, Victoria Beckham Denim, Ralph Lauren, Sensai Kanebo como roupas, sapatos, bolsas, acessórios e maquiagem por ótimos valores. A loja está situada apenas a uma quadra da estação do metrô Marquês do Pombal.  

Se você quer fazer compras em Lisboa e está preocupado com o orçamento da viagem, não deixe de ver a matéria de como economizar muito em Lisboa com dicas incríveis para você economizar muito em sua viagem e poder fazer ainda mais compras.

Armazém do Chiado
Localizados em diversos pontos de Lisboa, os Shoppings em Lisboa são ótimas alternativas para quem quer fazer compras e não gosta de ficar batendo perna pelas ruas, sem falar no conforto e comodidade que estes espaços oferecem. Um bom shopping é o Armazém do Chiado, que tem três andares cheios de lojas para todos os gostos como a Sephora, Fnac, Natura, Sun Planet, L´Occitane, Pepe Jeans e muitas outras. Pela nossa experiência, fazer compras em Lisboa é mais barato e vantajoso do que fazer compras em Paris ou em Londres, por exemplo, então aproveite a passagem por lá para comprar o que precisa. 

MUSEUS EM LISBOA
Conheça os mais famosos museus em Lisboa. A capital de Portugal conta com mais de 50 museus dos mais variados que vão desde espaços especializados em Arte contemporânea até mesmo museus históricos sobre o país como o Museu da Presidência da República e o Museu da Marinha. O legal é que diversos museus estão bem próximos um dos outros e que você pode visitá-los a pé. Se você curte arte e gosta de saber mais sobre a história dos lugares que você visita, fique ligado nesta matéria e descubra os museus que são parada obrigatória em Lisboa.

Museu Nacional de Arte Contemporânea
A primeira dica dos principais museus de Lisboa é o Museu Nacional de Arte Contemporânea, também conhecido como Museu do Chiado. Localizado no centro histórico da capital portguesa, o Museu do Chiado teve sua inauguração em 1911 e em 1994, foi totalmente reformado. Hoje, o Museu Nacional de Arte Contemporânea conta com um acervo belíssimo com pinturas, desenhos e esculturas de arte portuguesa, com obras do século XIX até os dias de hoje, passando pelos períodos romântico, naturalista e modernista. O Museu do Chiado está aberto de terça a domingo das 10h às 18h.
Endereço: Rua Serpa Pinto, 4, Centro, Lisboa.



Museu Nacional dos Coches
O Museu Nacional dos Coches ou Museu das Carruagens foi aberto ao público em 1904 e, hoje, é um dos museus mais interessantes de se visitar em Lisboa. Localizado no antigo Palácio Real de Belém, o Museu Nacional dos Coches parada obrigatória para toda a família. Com objetos expostos datados do século XVII ao século XIX, como carrugens reais, liteiras, selas, arreios, fardamentos de armaria, gala e acessórios de cortejo e carrinhos de bebê - sendo a maior coleção do mundo do gênero. O Museu Nacional dos Coches está localizado na Praça Afonso de Albuquerque, bem pertinho do Rio Tejo em uma das áreas mais bonitas da capital portuguesa. O Museu Nacional dos Coches está aberto de terça a domingo das 10h às 18h. Endereço: Praça Afonso de Albuquerque, Lisboa.  


Coleção Berardo de Arte Moderna e Contemporânea
Outro museu com um acervo composto de arte contemporânea é o Museu Coleção Berardo de Arte Moderna e Contemporânea que possui milhares de obras do sèculo XX, de importantes artistas mundialmente conhecidos como Francis Bacon, Andy Warhol, Picasso, Marcel Duchamp, Piet Mondrian, Kasimir Malevich, Richard Serra, Fernando Botero, Mario Merz, Alexander Calder, Henry Moore e outros. Localizado em uma das regiões mais culturais e turísticas de Lisboa,  Museu Coleção Berardo de Arte Moderna e Contemporânea é um dos mais visitados museus da capital de Portugal. O Museu Coleção Berardo de Arte Moderna e Contemporânea está aberto todos os dias das 10s às 19h de domingo a sexta e aos sábados até às 22h e o melhor, tem entrada gratuita para todos os públicos. Endereço: Praça do Império, Lisboa.


Museu Nacional do Traje
A terceira dica dos mais famosos museus da capital de Portugal, Lisboa é o Museu Nacional do Traje que possui um acervo com mais de 30 mil peças, desde trajes de vários séculos como, também, tecidos, acessórios e brinquedos pertencentes à Casa Real. O Museu Nacional do Traje fica localizado em um belo edifício que era o antigo Palácio do Monteiro-Mor na freguesia de Lumiar, bem próximo ao aeroporto internacional de Lisboa e fica aberto de segunda a terça das 14h às 18hs, quarta a domingo das 10h às 18h e tem entrada gratuita aos domingos e feriados até às 14hs. Endereço: Largo Júlio de Castilho, Lumiar, Lisboa. 


Museu Calouste Gulbenkian
Umdos principais museus de Lisboa é o Museu Calouste Gulbenkian, considerado um dos melhores museus da Europa. O Museu Calouste Gulbenkian conta com mais de 6 mil obras entre antiguidades e arte moderna especialmente com obras como pinturas, joias, artes decorativas, esculturas e painéis de arte do antigo Egito, greco-romana, da Mesopotâmia, islâmica, arte oriental e européia distrubuídas em um prédio bem moderno. Entre os artistas com obras expostas no Museu Calouste Gulbenkian estão: Cima da Conegliano, Degas, Rubens, Rembrandt, Rodin, Carpeaux, Houdon, Renoir, Vittore Carpaccio, Van Dyck, Édouard Manet, Henri Fantin-Latour, Claude Monet e muito mais. O Museu Calouste Gulbenkian está aberto de terça a domingo das 10h às 17:45, fechando nos feriados de Ano Novo, Páscoa, Dia do Trabalhador e Natal. Endereço: Avenida de Berna, 45A, Lisboa.


Museu do Azulejo de Lisboa
Visite o Museu Nacional do Azulejo em Lisboa. Um dos símbolos de Portugal são suas construções em azulejos azuis e brancos e nada melhor para mostrar aos turistas do mundo todo a apreciação e o gosto dos portugueses por esta arte, do que um museu. Localizado próximo às margens do Tejo no prédio em que funcionou o Convento da Madre de Deus, que data de 1509, o Museu Nacional do Azulejo é um passeio aos tempos áureos do país da Península Ibérica, mostrando toda a história do azulejo em Portugal, desde trabalhos do séc. XV até a contemporaneidade. O museu é considerado um dos mais importantes de Portugal e você não pode deixar de conhecê-lo quando estiver em Lisboa. No acervo do Museu Nacional do Azulejo, um dos mais bonitos museus de Lisboa, encontram-se peças lindas e suntuosas, com destaque para um painel de azulejos que representa Lisboa antes do terremoto de 1755 que destruiu boa parte da cidade. Além do acervo belíssimo com azulejos e objetos em ouro maciço, o Museu Nacional do Azulejo está instalado em um dos prédios mais antigos da cidade com mais de 500 anos no qual algumas partes ainda estão preservadas como o claustro e a sala árabe. O museu está fechado na segunda-feira e nos feriados de Páscoa, Ano Novo, 1º de Maio e Natal. Para quem quer economizar na sua visagem a Lisboa, a dica é visitar o Museu Nacional do Azulejo no primeiro domingo do mês cuja a entrada é gratuita para todos os públicos. 
Informações sobre o Museu Nacional do Azulejo
Endereço: Rua da Madre de Deus 4, Lisboa (Portugal).
Horários: de terça a domingo das 10h às 18h.
Valor: Adultos 5 €, jovens entre 15 a 25 anos e sênior: 2,50 €. 
Como chegar: ônibus linhas 210, 718, 742, 759 ou 794.






Dica para comprar ingressos das atrações e passeios

Uma dica para economizar com a compra dos passeios e ingressos de Lisboa é comprar os ingressos antes pela Internet, que além de serem sempre mais baratos, você economiza um bom tempo que perderia nas filas das bilheterias e já viaja com os ingressos em mãos. Um site legal que nós sempre utilizamos é esse Site de Ingressos da Europa que vende ingressos para os principais pontos turísticos e passeios de Lisboa, Porto e de toda a Europa. Eles são um dos maiores vendedores de ingressos de passeios e pontos turísticos de todas as cidades do mundo, o site está em português e o bom é que você compra todos os seus ingressos em um único lugar, ao invés de ficar comprando no site de cada atração. É muito mais prático, você tem um atendimento excelente para resolver qualquer problema ou dúvida que tiver e os preços são ótimos e muitas vezes mais barato do que no próprio site da atração. Facilitou bastante nossas viagens e ajudou a economizar tempo e dinheiro. Se prepare, pois as opções de passeios são enormes e dá vontade de fazer todos. Depois de comprar, você recebe por e-mail o voucher e todas as informações. Os passeios de Lisboa que mais indicamos são o Oceanário de Lisboa, Castelo de São Jorge e a Torre de Belém, que são os principais pontos turísticos.

Há diversos combos nos quais você, também, pode economizar dinheiro e conhecer vários pontos turísticos de Lisboa. Um dos combos é o Frente Ribeirinha no qual você adquire um ticket para o Museu Nacional do Azulejo + Museu Nacional de Arte Antiga + Panteão Nacional po 15 €. Outro combo bem legal é o Lisboa que dá direito a visitar 8 Museus de Lisboa: Museu Nacional do Azulejo + Casa Museu Dr. Anastácio Gonçalves + Museu da Música + Museu do Chiado + Museu Nacional de Arte Antiga + Museu Nacional do Traje + Museu Nacional do Teatro + Panteão Nacional por 25€. Aliás, falando em economia, não deixe de ler a nossa matéria com as dicas para você economizar muito na sua viagem a Lisboa


ESTORIL 24 KM OESTE
Estoril
A apenas 20 km de Lisboa, Estoril oferece um lindo litoral ensolarado, num ambiente ideal para viajar e relaxar em casal ou em família. Praias, hotéis, restaurantes, bares e toda a natureza exuberante do Parque de Sintra-Cascais fazem parte dos atrativos que trazem visitantes.
Foto: Getty Images


CASCAIS 31 KM OESTE
Cascais
Antigo porto de pescadores próximo a Lisboa, o município de Cascais se transformou em área residencial e destino turístico para visitantes portugueses e estrangeiros. Situado frente a uma linda baía, Cascais oferece belas praias, marinas, museus e ruas agradáveis com casas brancas.
Foto: Junta de Turismo da Costa do Estoril
COMO CHEGAR
http://www.visitcascais.com/pt/porque/como-chegar


SINTRA 25,7 KM OESTE
Quinta da Regaleira
Situada próximo ao centro histórico de Sintra, a Quinta da Regaleira é um lugar enigmático e surpreendente. O palácio foi encomendado por um milionário português no começo do século 20 e esconde diferentes jardins, recantos, subterrâneos e edifícios de bela arquitetura.
Foto: Fredrik Rubensson/Flickr



Palácio Nacional da Pena
Conhecido também como o Castelo da Pena, o Palácio Nacional da Pena serviu por muitos anos como residência da família real de Portugal. Situado na cidade de Sintra, o Palácio reúne o melhor da arquitetura do romantismo, criando um espetáculo para os olhos dos visitantes.
Foto: Jose Manuel/Turismo de Portugal


Palácio Real de Queluz
Também conhecido como Palácio Nacional, o Palácio Real de Queluz é um notável conjunto arquitetônico que apresenta os gostos da corte portuguesa nos séculos 18 e 19, com fortes influências francesas e italianas. Situado em Sintra, o Palácio destaca-se também por sua notável coleção de arte e seus magníficos jardins.
Foto: Jose Manuel/Turismo de Portugal


ALGARVE 278 KM SUL
Algarve
Principal centro turístico de Portugal, a região do Algarve é um bom local para ir à praia e badalar ou relaxar em família sob o sol do verão europeu. Albufeiras, Faro ou pequenos lugares do interior, como Caldas de Monchique e suas termas, fazem parte da grande variedade de atrações desta bela área do sul de Portugal.
278 KM 3H40MIM
Foto: Jose Manuel/Turismo de Portugal


Ponta da Piedade
A Ponta da Piedade é um importante ponto turístico da região do Algarve. Próxima à cidade de Lagos, a Ponta tem interessantes formações geológicas e falésias que se encontram sobre o mar, formando um visual estonteante.
303 KM 2H40MIN
Foto: Amaianos/Flickr


Cidade Velha de Faro
Cidade da região do Algarve, Faro tem uma riqueza histórica que remonta aos tempos pré-históricos. Hoje, a Cidade Velha de Faro está dividida em três bairros: Vila Adentro, parte mais antiga e cercada pela muralha construída no período dos mouros, Mouraria, onde os mouros se estabeleceram desde 1269, e Ribeirinho, antigo bairro de pescadores e centro noturno da cidade nos dias atuais.
Foto: Antonio Sacchetti/Turismo de Portugal


Cabo de São Vicente
Ponto mais ocidental do continente europeu, o Cabo de São Vicente forma uma paisagem única no litoral do Algarve. Próximo a Sagres, o Cabo ergue-se sobre falésias de até 70 metros de altura, criando uma atmosfera única e especial.
Foto: Getty Images


ÉVORA 134 KM LESTE
Évora
Verdadeiro museu a céu aberto na região do Alentejo, a cidade de Évora tem um centro-histórico que se encontra entre os mais bem preservados da Europa. Entre as belezas da cidade, está o Templo de Diana, pérola da cidade do século 2, com impactantes colunas e arcos num incrível exemplo de arquitetura da época romana.
Foto: Rodrigo Saldanha de Almeida/Flickr
134 KM 1H23MIN


MARVÃO 218 KM LESTE
Castelo de Marvão
Situado na vila de Marvão, o Castelo de Marvão ocupa uma posição privilegiada sobre uma colina a 840 metros de altura. Com suas muralhas imponentes, o castelo foi erguido no século 13 e é hoje um dos principais monumentos da região do Alentejo.
Foto: Feliciano Guimarães/Flickr
218 KM 2H58MIN


NAZARÉ 123 KM NORTE
Santuário de Nazaré
O Santuário de Nossa Senhora da Nazaré, um dos mais importantes sítios católicos da Europa, nasceu originalmente com a construção da capela conhecida como a Ermida da Memória, em 1182. No século 14, o Rei Fernando I visitou o sítio e decidiu honrar Nossa Senhora de Nazaré, dando maior importância e dimensão ao local. Hoje, o sítio consiste em três santuários: uma gruta, a Ermida da Memória e a belíssima Igreja de Nossa Senhora da Nazaré.
Foto: Daniel Dalledone/Flickr
123 KM 1H14MIN

Nazaré
Uma linda e pacata cidade à beira-mar, com uma vista deslumbrante de cima de um grande penhasco Lá de cima – pra onde pode-se subir por um funicular ou de carro – tem-se a vista do mar e da praia; lá de baixo, a própria praia e a vista do penhasco.
Mas, além do quesito natureza, Nazaré também é interessantíssima do ponto de vista cultural. São cerca de apenas 10 mil habitantes, mas é lá onde se pode encontrar aquelas portuguesas típicas, com roupas tradicionais, algumas de negro, provavelmente viúvas, como reza a tradição.
São diversas atrações na cidade, mas, com certeza, o mais interessante é a região do Sítio da Nazaré, no Mirante do Suberco.
É uma parte da cidade localizada acima de uma enorme falésia, com vista privilegiada e deslumbrante da cidade e da praia.
Na própria região do Sítio da Nazaré, para além da vista tem-se para visitar o Santuário de Nossa Senhora da Nazaré e a Capela de Nossa Senhora da Nazaré (ou Ermida da Memória).
Esta capela é pequena, mas bem interessante e guarda uma linda lenda.
A capela fica bem na beira do mirante, tendo uma única e pequena janela com a vista da praia. É toda coberta, por dentro, com os típicos azulejos portugueses. Em uma parte, pode-se ver a imagem do cavaleiro perseguindo o veado e a Nossa Senhora salvando-o. Diz a lenda, ainda, que a rocha, na beira do abismo, traz até hoje a marca da pisada firme do cavalo, ao parar diante do vazio.
Nesta mesma região, ponta da falésia, tem o Forte de São Miguel Arcanjo, no extremo do Promontório.
Pode-se subir para o Sítio da Nazaré de funicular, uma espécie de trem que sobe diagonalmente pela encosta.
Lá de cima, na região do Promontório, no Forte, tem-se a visão da Praia do Norte, uma praia com grandes ventos e ondas, sendo propícia à prática de esportes como surf, kitesurf, windsurf e bodyboard.
Uma curiosidade: a maior onda do mundo foi surfada lá!
Descendo para a cidade baixa, tem-se a visão da falésia, do Sítio da Nazaré e do forte. Espetacular.
Vale a pena se perder pelas ruas cidade e admirar seus belos casarões cobertos de azulejos, as roupas penduradas nos varais, as senhoras vestindo trajes típicos (“mulheres de Nazaré”), com suas 7 saias ou com os trajes negros – as viúvas.
Informações úteis:
Como chegar: Saindo de Lisboa, a Rede Expressos tem ônibus em diversos horários todos os dias, demorando 1:50 a viagem. Custo: 9,50 euros.
Funicular para subir o Promontório: Funciona das 7:15 às 21:30 (a cada 15 minutos) e das 21:30 às 24h (a cada 30 minutos). Preço: 0,90 Euro (adulto) e 0,65 Euro (criança).

fonte Turista Profissional







TOMAR 143 KM NORTE
Tomar
A 100 km de Lisboa, perto da fronteira com a Espanha, Tomar é uma magnífica cidade medieval às margens do rio Nabão. Entre os diversos monumentos, destaca-se o impressionante Convento de Cristo, um dos cartões-postais mais emblemáticos de Portugal.
Foto: Liliana Bettencourt/stock.xchng
2H48MIN


FATIMA 168 KM NORTE
Santuário de Fátima
Importante santuário mariano, em Cova da Iria, o Santuário de Fátima é composto por diferentes construções, como a Capelinha das Aparições e a Basílica de Nossa Senhora do Rosário. Inaugurada em 2007 com capacidade para até 9 mil pessoas, a Basílica da Santíssima Trindade se posicionou como uma das maiores igrejas do mundo.
Foto: Alfonso Romero/stock.xchng
168 KM 1H11MIN


CIDADE DO PORTO 310 KM NORTE
Capela das almas
Construída no começo do século 18, a Capela das Almas ganhou um visual totalmente único em 1929. Representando cenas da vida de São Francisco de Assis e de Santa Catarina, os magníficos azulejos azuis que cobrem o exterior da Capela criam um visual charmoso símbolo do Porto.
Foto: Peregrino27/Flickr


Palácio de Cristal
Inspirado no Crystal Palace de Londres, o Palácio de Cristal do Porto foi demolido em 1951. Hoje, os magníficos jardins com vista para o Rio Douro encontram-se preservados, e uma construção, o Pavilhão Rosa Mota, ocupa o lugar onde se situava o Palácio.
Foto: Getty Images


Ribeira
Coração do Porto, o bairro da Ribeira tem construções medievais em lindos cartões-postais frente ao Douro. À noite, a Ribeira fica especialmente agitada, com muito movimento em seus cafés, restaurantes e bares.
Foto: Paulo Magalhães/Turismo de Portugal
3H43MIN


BRAGA 362 KM NORTE
Sé de Braga
Monumento da cidade de Braga, a Sé de Braga é um dos edifícios religiosos mais antigos e famosos de Portugal. Implantado sobre uma antiga catedral do século 3, o atual edifício começou a ser erguido em 1509, deixando um interessante vestígio para os turistas, tanto na beleza de seu exterior quanto em seu interior.
Foto: Turismo em Portugal
362 KM 3H10MIN


Parque Nacional da Peneda-Gerês 413 KM NORTE
Parque Nacional da Peneda-Gerês
Único Parque Nacional de Portugal, o Peneda-Gerês ocupa uma área de mais de 70 mil hectares no nordeste da região do Minho. Serras, rios, florestas e muitas paisagens incríveis, com uma rica fauna local, fazem parte dos atrativos.
Foto: Alvaro Perez Vilariño/Flickr
413 KM 3H40MIN


VALE DO DOURO 430 KM NORTE
Vale do Douro
Impossível não se apaixonar pelo Vale do Douro, no norte de Portugal, considerado como uma das mais belas regiões vinícolas do planeta. O vale se destacada por suas paisagens, seus vinhos e seus vinhedos, numa região especializada nos famosos vinhos do Porto feitos em Portugal.
Foto: Turismo de Portugal


Barco no Rio Douro
O Rio Douro é o principal pano de fundo para a cidade do Porto, segunda maior de Portugal. E nada como apreciar a beleza da cidade, com suas pontes e construções tradicionais, em algum dos passeios turísticos de barco pelas águas do rio.
Foto: Jose Manuel/Turismo de Portugal


ILHAS AÇORES
Açores
Formado por nove ilhas vulcânicas no Oceano Atlântico, a 1.500 km de Lisboa, o arquipélago das Açores tem belezas exuberantes, paisagens verdes e um ambiente relaxado. As praias não são paradisíacas, mas o arquipélago é ideal para aqueles que quiserem estar em sintonia com a natureza.
Foto: Rui R/stock.xchng
VÔO 2H10MIN


ILHAS MADEIRA
Ilhas Madeira
A 600 km da costa africana e cerca de 1 mil km de Lisboa, o arquipélago da Madeira é composto por oito ilhas. A principal delas, a Ilha da Madeira, reúne um clima agradável, uma flora exuberante e montanhas vulcânicas que criam paisagens de tirar o fôlego.
Foto: Sebastião da Fonseca/Turismo de Portugal


MAPAS DE LOCALIZAÇÃO


EVITE EM PORTUGAL
Acompanhamentos
Azeitonas, amendoim e outros petiscos que são servidos “gentilmente” junto com suas bebidas são geralmente cobrados em Portugal. Pergunte antes de aceitá-los para não ter uma surpresa na conta

Restaurantes turísticos
Fuja dos restaurantes com menus para turistas, onde a comida costuma ser mais cara e com uma qualidade inferior. Prefira restaurantes locais que não se especializam em receber turistas para uma refeição mais autêntica, saborosa e até econômica.
Foto: Getty Images

Táxis
Como em muitos lugares do mundo, taxistas desonestos têm os turistas como suas vítimas prediletas. Para sair do aeroporto, pegue apenas táxis com taxímetro e informe-se sobre o preço até seu hotel.
Foto: Getty Images

Batedores de carteiras
Quando os turistas estão distraídos, os batedores de carteiras estão muito atentos, especialmente no transporte público e nos lugares de maior movimento. Guarde bem seus pertences em bolsos internos e evite sair com grandes quantidades de dinheiro ou documentos importantes originais.
Foto: Getty Images

Traficantes de drogas
Os traficantes de drogas que oferecem seus produtos são relativamente comuns nas capitais europeias, mas a frequência é ainda maior para quem passeia por Lisboa. Para evitar situações desagradáveis, não dê papo para desconhecidos suspeitos.
Foto: Getty Images

Clubes de Fado
Tradicional música portuguesa, o Fado é um dos maiores símbolos da cultura do país. Mas os chamados “Clubes de Fado” costumam ser “armadilhas” para turistas, com espetáculos de má qualidade e preços que podem ser excessivos.
Foto:

Carros alugados
Se o objetivo da viagem a Portugal for visitar Lisboa e seus arredores, como Cascais e Estoril, alugar carro é uma má ideia. Dirigir e estacionar na capital são sinônimos de dor de cabeça e o transporte público permite se locomover facilmente.
Foto: Getty Images

Lisboa em julho e agosto
Para quem tem datas flexíveis, é melhor evitar Lisboa durante os meses de julho e agosto. Com um calor abafado, a cidade fica lotada de turistas e vê boa parte de seus comércios fecharem e seus preços de hotel aumentarem pela forte demanda.
Foto:

Elevadores
Elevadores de Lisboa, como o Elevador de Santa Justa, são belos cartões-postais da cidade . Mas, com valores que chegam a 10 euros, não vale a pena subir e, sim, apenas admirá-los de fora.
Foto: Getty Images

Vendedores de rua
Estranhos que se aproximam tentando vender celulares, correntes ou outros objetos podem estar repassando produtos roubados ou tentando aplicar um golpe. Corte a conversa desde o começo e evite confusões.
Foto: Getty Images


O que levar na mala para o outono em Portugal?
Apesar de Portugal ter um dos climas mais amenos da Europa, suas estações do ano são bastante marcadas. A poucos dias de entrar para o outono português, já percebemos que o sol mudou totalmente de posição.
Quem pretende viajar ao país durante o outono, ou seja, entre o finalzinho de setembro e o mês de dezembro, deve estar atento a algumas dicas que podem facilitar a viagem:
Proteja o pescoço e os pés
Levar uma bota ou um tênis impermeável é indispensável, principalmente para os meses de novembro e dezembro. A partir dessa época, a frequência de chuvas é maior e o tempo úmido acaba por incomodar um pouco. Para o pescoço, ter um cachecol coringa não é nenhum luxo. Vale realmente a pena.
… E na hora da chuva?
Como disse no tópico anterior, nos meses de novembro e dezembro há um alto índice de chuvas. É comum ainda que elas apareçam com fortes rajadas de vento. Portanto, aquele guarda-chuva que estamos acostumados a usar, que cabe na bolsa, não é uma boa ideia. Se quiser carregar um, considere aquele de cabo longo, estilo bengala. Outra boa alternativa são as capas de chuva. Há diversos modelos muito bonitos e que podem te ajudar, principalmente nos momentos em que o vento está mais forte.
Na primeira parte do outono, que engloba os meses de setembro e outubro, você deve encontrar dias ensolarados, mas já com temperaturas um pouquinho baixas. A máxima não deve ultrapassar os 25º, enquanto a mínima pode bater os 10º. No ano passado, me lembro de ter tido até mesmo a sensação térmica por volta de 6º, mas já no mês de dezembro.
Por isso, quanto mais para o fim do ano for a sua viagem, considere levar algumas meias, uma blusa e uma calça “térmicas” – aquelas do tipo segunda pele para colocar por baixo, com um tecido mais fino e que mantém o calor do corpo.
Óculos de sol e protetor solar
Apesar de não ser uma época quente, no início do outono faz bastante sol. Não chega a esquentar muito, mas como diversas calçadas por aqui são claras, a luz acaba por ser rebatida direto para os olhos. Portanto, óculos e protetor solar na mala, sim!
Farmacinha obrigatória
Essa não é uma dica somente para o outono, mas se você sofre com alguma alergia ou costuma ter resfriados quando passa por mudanças bruscas de temperatura, não deixe de carregar os remédios que você está acostumado a tomar. Faça uma pequena farmacinha com aqueles analgésicos, antitérmicos e antialérgicos familiares a você e não esqueça de levar também as receitas médicas para mostrar na imigração, caso seja solicitado.
Outono em Lisboa 
O outono começa no dia 21 de setembro e vai até dia 20 de dezembro. É uma das estações mais chuvosas do ano e com ventos fortes que fazem as temperaturas mínimas ficarem entre 8ºC e 9ºC. É a partir de novembro que mais chove em Lisboa. Embora faça frio, as máximas podem variar entre 18ºC e 22ºC.


HORÁRIOS DE COMBOIOS EM LISBOA
http://www.cp.pt/sites/passageiros/pt/consultar-horarios/horarios-resultado#!

HORÁRIOS DE ONIBUS
http://www.rede-expressos.pt/

COMO ALUGAR CARROS EM LISBOA


ACESSÓRIOS DE VIAGEM QUE VOCÊ PRECISA TER NA SUA BAGAGEM DE MÃO
Almofada de pescoço 
Protetor auricular e máscara para os olhos 
Fone de ouvido e entretenimento para o voo 
Cobertor 
Caneta
Capa de mala 
Cadeados e lacres de segurança
Capa de passaporte
Doleira e porta documentos
Cadeados com cabo (como os de bicicleta)
Organizadores de bagagem e nécessaire
Potes para produtos de higiene e produtos com tamanho especial para viagem
Saco a vácuo
Sacolas de viagem 
Bolsas de proteção para bebidas
Bolsa impermeável ou saco estanque
Toalha de alta absorção
Lenços desinfetantes, protetor de assento sanitário e álcool gel 
Talheres e canivete
Adaptador de tomadas e extensão
Carregador de bateria portátil


VÍDEOS TURÍSTICOS DE LISBOA E PORTUGAL – 1 A 6
                                                     PARTE 1   
video

PARTE 2

video


fonte http://www.dicasdelisboa.com.br/
fonte Turista Profissional
Publicado por Francismar Siviero




O QUE ACONTECE DE NOTÍCIA NO MUNDO DOS ESPORTES AQUÁTICOS VOCÊ LÊ PRIMEIRO AQUI - BLOG FRANCISSWIM Foram mais de 7.000.000 de VISUALIZAÇÕES no último ano


Francisswim Esportes Aquáticos é uma ferramenta única,   abrangente, multi-linguas, uma referência on-line para a comunidade aquática. Informação vistas nos últimos 12 meses no facebook (2.400.000), Google+ (4.036.687), blog (393.052). Clique no link e visite 





http://www.kickante.com.br/campanhas/blog-francisswim-esportes-aquaticos












































Nenhum comentário: