segunda-feira, 25 de julho de 2016

SETE NADADORES RUSSOS SÃO EXCLUÍDOS DOS JOGOS OLÍMPICOS RIO 2016 INCLUINDO TRÊS MEDALHISTAS DE LONDRES 2012


Sete nadadores russos foram excluídos dos Jogos Olímpicos do Rio 2016 nesta segunda-feira pela Federação Internacional de Natação (Fina), incluindo grandes nomes do esporte como Vladimir Morozov, Yulia Efimova e Nikita Lobintsev, três medalhistas em Londres 2012.
A Fina é a primeira federação internacional a excluir atletas russos seguindo os critérios apontados no domingo pelo Comitê Olímpico Internacional (COI), que encarregou as diversas entidades de investigar e vetar os atletas envolvidos nos escândalos de doping de Estado na Rússia desvendado pelo relatório McLaren em 18 de julho.
Morozov, especialista do nado livre e costas, três vezes campeão do mundo em piscina curta, conquistou a medalha de bronze no revezamento 4x100 m em Londres, ao lado de Lobintsev, prata em Pequim 2008 nos 4x200 m. Já Efimova, dona de quatro títulos mundiais, foi medalhista de bronze em Londres nos 200 m peito.
Ela já anunciou que vai recorrer diante do Tribunal Arbitral do Esporte (TAS), o mesmo que confirmou a decisão da Federação Internacional de Atletismo (IAAF) de excluir a Rússia da modalidade. "Decidimos recorrer diante do TAS. A parte contrária será o COI, a Fina e o Comitê Olímpico Russo", informou o empresário da nadadora, Andrei Mitkov, à agência local R-Sport.
Efimova, Mikhail Dovgalyuk, Natalia Lovtcova e Anastasia Krapinvia, esta última nadadora da maratona aquática, foram excluídas da lista inicial de 387 atletas convocados pelo Comitê Olímpico russo (ROC) por terem sido previamente punidas por doping.

No caso de Efimova, fora 16 meses de gancho, por ter sido flagrada por uso de um esteroide, em 2014. Em março deste ano, ela também foi suspensa de forma provisória por ter tomada Meldonium, a mesma substância que resultou na punição da russa Maria Sharapova, mas a nadadora acabou sendo inocentada, por alegar justificativas médicas.
Morozov, Lobintsev e Daria Ustinova foram declarados não elegíveis para os Jogos do Rio devido à aparição de seus nomes no relatório McLaren, encomendado pela Agência Mundial Antidoping (Wada).
Até o momento 74 atletas russos, 67 deles do atletismo, foram excluídos dos Jogos do Rio 2016 (5-21 de agosto).
O medalhista Vladimir Morozov está entre os excluídos da Rio 2016 | Foto: Alexander Nemenov / AFP / CP

Fonte Correio do Povo










O QUE ACONTECE DE NOTÍCIA NO MUNDO DOS ESPORTES AQUÁTICOS VOCÊ LÊ PRIMEIRO AQUI - BLOG FRANCISSWIM Foram mais de 7.000.000 de VISUALIZAÇÕES no último ano


Francisswim Esportes Aquáticos é uma ferramenta única,   abrangente, multi-linguas, uma referência on-line para a comunidade aquática. Informação vistas nos últimos 12 meses no facebook (2.400.000), Google+ (4.036.687), blog (389.153). Clique no link e visite 




http://www.kickante.com.br/campanhas/blog-francisswim-esportes-aquaticos











































Nenhum comentário: